PortugalRegião Norte

Cascatas no Gerês | As 10 melhores cascatas do Gerês

cascatas gerês - portela do homem

O melhor do Parque Nacional Peneda Gerês são as suas maravilhosas cascatas! Umas mais altas, outras mais pequenas, algumas muito famosas e outras recônditas. Não faltam cascatas para se maravilharem durante uma visita ao Gerês. Já visitamos o Gerês quatro vezes no espaço de dois anos, e sabemos que é apenas uma questão de tempo até arranjarmos outra boa desculpa para lá voltar. Podem ver aqui o nosso itinerário na zona central do Gerês e o nosso itinerário pelo Gerês transmontano.

Todas as desculpas são boas para visitar (ou revisitar) o Gerês e descobrir mais uma cascata. Como somos ambos nabos em termos de orientação, perder-nos é um dos nossos passatempos. Mas para vos evitar esse transtorno, deixamos aqui uma lista das nossas cascatas favoritos do Gerês. No fim irão encontrar um mapa com todas as coordenadas e trilhos detalhados para chegar às melhores cascatas do Gerês. Por isso não têm desculpas! Bora lá descobrir um dos lugares mais fabulosos do nosso Portugal.

ONDE FICAR A DORMIR NO GERÊS?
Melhores alojamentos para visitar as cascatas do Gerês

Um dos hotéis mais clássicos e procurados do Gerês é o Hotel São Bento da Porta Aberta. Tem excelentes avaliações com quartos bem equipados e um grande restaurante, só lhe falta mesmo uma piscina. Fica na região central do Gerês sendo possível explorar todas as cascatas mencionadas neste artigo a partir deste hotel. As últimas duas cascatas são as mais afastadas, sendo preciso 1 a 1h30 para lá chegar. Preços a partir de 50€/noite com pequeno almoço incluído.

Hotéis com piscina no Gerês

Quanto a nós preferimos hotéis menos concorridos. Na nossa primeira visita optamos por ficar na Quinta do Bento, um hotel com um piscina e uma vista lindíssima ao pôr do sol sobre o rio Cávado. Fica relativamente perto das principais atrações do Gerês e a uma curta distância (<1h) das oito primeiras cascatas deste artigo e a 1h30 das duas últimas. Outros hotéis com piscina no Gerês que já nos foram recomendados são o Oak Nature (basta ver as fotografias para ficarem encantados, propõe quartos a partir de 130€/noite com pequeno almoço), o DOBAU  Village (este é o nosso favorito, com uma linda piscina com vista para o rio, tem quartos a partir de 70€/noite com pequeno almoço incluído) e a Casa do Sobreira (fica ligeiramente mais afastada mas é muito linda, com quartos a partir de 55€/noite e casas para 4 a 6 pessoas).

Hotel DOBAU Village

Vista do hotel Quinta do Bento

Hotéis centrais no Gerês

Se a vossa prioridade é ficar numa zona muito central, então recomendamos os seguintes hotéis: começando pela Casa de Bustelo, provavelmente o hotel mais central e com a melhor vista. Por incrível que pareça como se trata de um apartamento fica a um preço muito acessível, a casa pode acolher até 5 pessoas por apenas 100€/noite. A  Casa de Beiral também é muito central, tem piscina e pode acolher até 7 pessoas por 195€/noite. Outro hotel muito central e fabuloso é o Cantinho Verde T2 (a partir de 60€/noite o quarto duplo).

Hotéis económicos no Gerês 

Nesta secção recomendamos em primeiro lugar a Casa São Bernardo de Claraval, fica no meio da natureza sem ficar demasiado afastado das principais atrações (quartos duplos a partir de 30€/noite). O Aconchego do Lar é mais central por apenas 45€/noite com pequeno almoço.

AS MELHORES CASCATAS DO GÊRES – O NOSSO TOP 10

1- Cascata de Pincães no Gerês

A cascata de Pincães é sem dúvida a nossa favorita. Gostaríamos de a guardar só para nós e não revelar a sua localização, mas infelizmente já não é nenhum segredo. Localizada na aldeia de Pincães, esta linda cascata alimenta uma pequena lagoa onde é possível tomar um banho refrescante no meio da natureza. Tendo em conta que é necessário caminhar meia hora até lá chegar, os mais preguiçosos costumam dar meia volta. O local fica assim relativamente sossegado, principalmente no início da manhã e ao final da tarde. Chegamos lá por volta das 17h30 e estávamos praticamente sozinhos a aproveitar esta maravilha da natureza.

Como chegar à cascata de Pincães no Gerês?

O caminho para lá chegar não é assim tão óbvio, pois não existe nenhuma placa a indicar o início do trilho. Mas só existe um caminho em direção à cascata e os moradores indicam o caminho caso seja necessário. Podem estacionar o carro no início da Rua da Cascata e seguir essa estrada que sobe até chegar a um largo. Aí sigam o caminho que parte para o lado esquerdo, depois é sempre em frente. Podem ver o trilho detalhado no fim do artigo.

Depois de 15-20 minutos a caminhar, o trilho fica novamente confuso pois o caminho divide-se em dois. Escolhemos o caminho da esquerda junto à levada de água, mas também podem ir por cima. Os últimos metros são sempre a subir, mas a recompensa no final fez-nos esquecer esse pequeno pormenor.

cascatas geres - pincães

2 – Cascata de Cela Cavalos no Gerês

Descobrimos essa cascata na nossa primeira visita ao Gerês e foi uma aventura para lá chegar. Não que o caminho seja difícil ou confuso. Mas sim porque, como já disse mais acima, somos péssimos em orientação e gostamos de complicar. A cascata em si é maravilhosa, existem duas piscinas naturais com uma água tão clara que facilmente nos esquecemos da sua temperatura. Além disso, após caminhar meia hora ao sol, um mergulho é sempre bem vindo, independentemente da temperatura da água. Podem ver aqui a nossa aventura por lá: Visitar o Gerês Parte 1

Como chegar à Cascata de Cela Cavalos no Gerês

Podem estacionar em dois sítios diferentes, ou na aldeia de Cela (mas os lugares são muito limitados) ou junto à estrada junto à uma placa que diz Cascata. Para facilitar coloquei a localização exacta aqui: Acesso pela Aldeia de Cela ou Acesso pela Estrada M308.

Depois disso é só seguir o caminho até uma capela de onde parte um caminho sempre a descer. A caminhada dura uma boa meia hora. Tenham em atenção que não há árvores durante o trajecto, ficam bastante expostos ao sol, portanto não se esqueçam de levar chapéu, protector solar e muita água. Esse caminho tem vários buracos e pedras, mas passou por nós uma carrinha corajosa.

cascatas gerês - cela cavalos

3 – Cascata da Portela do Homem no Gerês

Só descobrimos recentemente essa cascata e é provavelmente a melhor cascata do Gerês para tomar banho. A sua grande piscina natural permite passar um momento muito divertido entre saltos e mergulhos. O único defeito é não haver muito espaço para colocar toalhas e a sua proximidade com a estrada faz com que seja mais concorrida que as outras cascatas.

Como chegar à cascata da Portela do Homem no Gerês

Apesar de ser visível desde a ponte, esta cascata fica localizada na mata da Albergaria sendo proibido estacionar junto à ponte. É obrigatório estacionar na Portela do Homem e voltar a descer a pé durante uns 10 minutos. Chegando à ponte inicia-se uma caminhada/escalada até a cascata, sendo necessário alguma destreza para saltar de pedra em pedra. Se sofrem do mesmo mal que o Axel e não tiverem grande equilíbrio, podem sempre levar calcado apropriado e caminhar dentro da água.

Nota: o acesso à mata da Albergaria tem certas restrições. Como já disse é proibido parar ou estacionar ao longo de todo o percurso e é necessário pagar uma taxa de 1,5 euros por cada carro.

cascatas geres - portela do homem

cascatas gerês - portela do homem

4 – Cascatas do Tahiti no Gerês (também conhecida por Cascata Fecha de Barjas)

O nome deixa-nos com um gostinho a praias de areia branca e palmeiras verdejantes. Troquem as palmeiras por pinheiros e a praia por piscinas naturais de água clara bem fresca. Aí têm. Pode não ser a definição de paraíso tropical, mas não fica muito atrás. As cascatas do Tahiti têm várias vantagens, uma delas é o espaço propício a esticar toalhas para relaxar ou jogar às cartas entre dois mergulhos. O acesso é bastante fácil pois fica a uma curta distância da estrada. Pela sua proximidade à estrada é a cascata predileta de muitas famílias e grupos de amigos que procuram um refresco no meio da natureza nos dias mais quentes do ano. Recomendo por isso evitar os dias de maior afluência, ou seja, o mês de Agosto (se bem que agora o verão parece ter fugido para o mês de Setembro…).

Como chegar às cascatas do Tahiti no Gerês

As cascatas do Tahiti ficam na estrada que liga Ermida a Fafião, mais ou menos a meio caminho entre as duas povoações. Se forem num dia quente não será difícil encontrar a cascata pois os carros acumulam-se na beira da estrada. Se forem cedo poderão estacionar no pequeno parque de estacionamento que fica mesmo em frente à rampa que desce para as cascatas. Quando digo pequeno, é mesmo pequeno, pois só tem uns 5 a 6 lugares e não é bem um parque, mas sim uma parte mais larga da estrada. De qualquer forma deixo aqui a localização exacta do tal “parque de estacionamento”. Uma vez o carro estacionado só têm de descer a rampa. A cascata fica já aí.

cascatas geres

5 – Cascata do Arado no Gerês

Esta foi a primeira cascata que conhecemos no Gerês. Basta uma breve pesquisa e costuma aparecer logo como sendo a melhor e mais bela cascata do Gerês. Pessoalmente não acho que seja a melhor por esse mesmo motivo. Com a fama acabou por se tornar complicado tomar lá banho sossegado. Felizmente a grande maioria das pessoas passa por lá apenas para observar a cascata e não chegam a subir até às piscinas naturais que ficam por cima da cascata. O acesso faz se escalando os penedos, não é difícil mas como é óbvio, não é acessível a pessoas com mobilidade reduzida. Visitamos este local no mês de Agosto e por haver pouca água mal víamos a “cascata”. Vale a pena subir até às pequenas lagoas que ficam na parte de cima, mas ao fim do dia essas piscinas naturais ficam rapidamente sem sol.

Como chegar à cascata do Arado no Gerês

A cascata do Arado fica em Vilar do Veiga no Centro do Gerês. Junto à cascata existe uma ponte acessível de carro e é aí que devem deixar o carro. Sigam depois pelo lado direito se quiserem ver apenas a cascata de cima. Se o objectivo for chegar até à lagoa principal para tomar banho devem seguir pelo lado esquerdo do rio. Depois de chegar à cascata, se quiserem subir até às pequenas lagoas que ficam na parte superior têm de seguir pelo caminho que sobe à esquerda. Como já disse, terão de escalar alguns penedos para lá chegar, nada de muito difícil e a meu ver compensa para fugir da multidão.

cascatas geres

 

As próximas 5 cascatas do Gerês que irei apresentar são as cascatas que estão na nossa Bucket list, mas que ainda não conhecemos. Após várias pesquisas e conversas com outros viajantes, estas foram as cascatas que se destacaram e que queremos muito conhecer.

6 – Cascata das Sete Lagoas no Gerês

Escapou-nos esta cascata quando visitamos o Gerês Transmontano há 2 anos atrás. Na altura já era conhecida, mas optamos por ir primeira à cascata de Cela Cavalos não tendo sobrado tempo para esta. A cascata das 7 Lagoas tem na verdade umas 8 a 9 lagoas de água cristalina, todas elas muito sossegadas pois são poucos os que se aventuram até aí. Para os mais corajosos existe uma lagoa onde podem dar saltos impressionantes, para os que tem alma de criança existe um escorrega natural na pedra, para os que não sabem nadar existem lagoas onde a água não passa do umbigo. Ou seja, existem lagoas para todos os gostos. O ideal é levar um lanche, toalhas, protector solar, um chapéu e um baralho de cartas para relaxar uma horas neste pequeno paraíso.

Como chegar às Sete Lagoas no Gerês

Este é um segredo bem guardado devido à sua localização. O acesso à cascata das 7 lagoas não é fácil. Só os mais temerários serão recompensados. O ponte de partida é na Aldeia de Xertelo. Podem optar por ir a pé, nesse caso espera-vos uma caminhada de 6kms (12kms ida e volta) com pouca ou nenhuma sombra. A outra opção é ir de jeep até às lagoas. Não recomendo ir com um carro normal pois a estrada é muito estreita e manhosa com várias pedras pelo caminho. Agora já entendem o porquê de ser a melhor cascata do Gerês e ao mesmo tempo a mais sossegada?

cascata geres - sete lagoas
fonte: pinterest.com

7 – Cascata do Poço Azul no Gerês

Se gostam de aproveitar locais sossegados, apresento-vos uma das cascatas mais remotas do Gerês, a cascata do Poço Azul. Uma cascata tão remota que nem de jeep conseguem lá chegar, só mesmo usando as vossas perninhas! A recompensa no final irá valer a pena, por isso não desesperem. Têm assim a garantia de não serem incomodados pela multidão.

Como chegar à cascata do Poço Azul no Gerês

Esta cascata fica perto da cascata do Arado, portanto podem deixar o carro perto do miradouro das Rocas ou mais perto da ponte com vista para o Arado. Contem com uma caminhada de 11kms ida e volta até o Poço Azul. Podem ver no fim deste artigo o mapa com a caminhada detalhada.

fonte: maravilhasdogeres.pt

8 – Cascata das Lagoas da Mata da Albergaria no Gerês

Provavelmente uma das cascatas menos conhecidas do Gerês e no entanto parece ser uma das mais bonitas. Tal como a cascata anterior só é acessível a pé, mas a caminhada é mais curta, podem fazer a ida e volta pelo mesmo caminho ou voltar passando pela cascata da Portela do Homem. O trilho atravessa a maravilhosa mata da Albergaria tornando a caminhada bastante agradável.

Como chegar à cascata das Lagoas da Mata da Albergaria

Esta cascata como o nome indica fica na mata da Albergaria, onde o acesso à carros é restrito sendo proibido parar ou estacionar o carro ao longo de todo o percurso. Devem por isso estacionar na Portela do Homem e seguir a pé até à cascata. Podem ver no mapa que se encontra no fim deste artigo a caminhada detalhada.

fonte: vortexmag.net

9 – Cascatas do Soajo, Poço Bento e Poço das Canejas no Gerês

Estas são 3 lagoas com pequenas cascatas de quem ninguém fala. Mas procurando no mapa e fazendo algumas pesquisas consegui perceber que têm um acesso relativamente fácil. Se estiverem de passagem pelo lado minhoto do Gerês, perto dos espigueiros do Soajo acho que o desvio deve valer a pena.

Como chegar às cascatas do Soajo, Poço Bento e Poço das Canejas no Gerês

Pelo Google maps consegui avistar alguns carros estacionados na M530, perto das cascatas. A localização exacta para deixar o carro é esta. A partir daí basta seguir o rio até chegar à primeira lagoa (Poço Bento), segue-se depois o Poço das Canejas e por fim a Cascata do Soajo.

cascatas geres - poço bento
fonte: pelamontanha.pt

10 – Lagoa do Poço Negro no Gerês

Pertinho das 3 cascatas/lagoas anteriores fica um poço de muito fácil acesso, o Poço Negro. Como fica afastado do zona central do Gerês acaba por ser relativamente sossegado. O seu nome vem do facto de ter uma profundidade de 5 metros, dando espaço a mergulhos (sempre com muito cuidado!).

Como chegar à Lagoa do Poço Negro no Gerês

Esta lagoa fica muito perto da estrada, podem estacionar o carro na beira da estrada e aproveitar o vosso dia na lagoa. Não é tão frequentada como as outras cascatas do Gerês, mas no verão não é raro encontrar lá várias famílias e grupos de amigos.

fonte: pnpgeres.pt

MAPA DAS MELHORES E MAIS BELAS CASCATAS DO GERÊS

Espero que tenham gostado desta selecção das melhores cascatas do Gerês. Existem obviamente outras cascatas, optei por seleccionar as melhores cascatas para tomar banho no Gerês. Existem muitas outras como a Cascata da Laja e a Cascata de Pitões das Júnias que não são propícias ao banho, mas não deixam de ser lindas! O Parque Nacional da Peneda-Gerês têm inúmeras cascatas e locais maravilhosos ainda por explorar. Se conhecerem alguma cascata ou local que queiram recomendar no Gerês, não hesitem em partilhar nos comentários!

-

AS FERRAMENTAS INDISPENSÁVEIS PARA ORGANIZARES A TUA  VIAGEM:

Podes encontrar aqui os melhores voos: Skyscanner ou Momondo

Para encontrares as melhores promoções e reservares o teu alojamento recomendamos o Booking

Não te esqueças de contratar um bom seguro de viagem, os Seguros Iati têm atendimento em português, são especializados em viagem e não cobram franquia! Se realizares a compra através do nosso link tens direito a 5% de desconto em qualquer seguro.

Procura as melhores excursões e compra os teus bilhetes para as melhores atrações na GetYourGuide

Poupa em taxas de levantamento usando o Cartão Revolut

-

-

One thought on “Cascatas no Gerês | As 10 melhores cascatas do Gerês

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *