ÁustriaCitytrip

Visitar Hallstatt | O que fazer, locais a ver e onde dormir

visitar hallstatt

Áustria | O que fazer e visitar em Hallstatt? 

Visitar Hallstatt num dia é perfeitamente possível. Esta aldeia, rodeada por um lago e montanhas, tem suscitado cada vez mais interesse tornando-se viral nas redes sociais. Não resistimos à tentação e quando começamos a planear esta viagem foi um dos primeiros locais que colocamos na lista. Ganhou fama por um bom motivo e apesar de turístico vale a pena conhecer e visitar.

Essa aldeia fica na região montanhosa de Salzkammergut, tendo sido declarada em 1997 Património da Humanidade pela UNESCO. É neste pequena aldeia, onde vivem apenas 750 pessoas, que chegam anualmente um milhão de turistas (a grande maioria oriundos do continente asiático). Felizmente, num dia solarengo do mês de Junho, não fomos incomodados pela multidão. Muitos dos turistas que vimos por lá vinham através de uma excursão desde Salzburgo. Para visitarmos com mais calma optamos por vir de carro e estacionamos no centro da cidade. Já irei explicar mais à frente como chegar a Hallstatt e onde estacionar para descobrir esta encantadora cidade.

Anedota: os chineses são mundialmente conhecidos por serem experts na arte da réplica. Desde roupa de marca a produtos tecnológicos, nada consegue igualar as cópias chinesas. Gostaram tanto de Hallstatt que conseguiram levar essa arte ao extremo, criando uma autêntica réplica da pequena aldeia na China!
visitar hallstatt
viagem austria
aldeia hallstatt

Vejam neste guia tudo o que precisam saber para visitar Hallstatt numa viagem à Áustria. O que não perder, onde dormir, onde comer e como chegar desde Salzburgo. 

Como chegar a Hallstatt desde Salzburgo

Existem várias formas de chegar a Hallstatt desde Salzburgo.

De carro (~8€ em combustível)

Pessoalmente, optamos por fazer a viagem de carro, é o mais rápido e o mais prático para além de proporcionar paisagens fabulosas. Demoramos ~1h20 para lá chegar. Uma vez em Hallstatt ainda tentamos encontrar um lugar para estacionar gratuitamente, em vão. Acabamos por estacionar no grande parque de estacionamento que fica junto ao funicular, pagamos 6€ para o dia todo. Depois de estacionar quisemos passear a pé pela única estrada que subia para tentar ter uma vista diferente sobre Hallstatt. Foi aí que encontramos lugares de estacionamento gratuito. São poucos os lugares e ficam numa estrada manhosa que sobre por trás do acesso ao funicular. Para os interessados fica aqui o mapa com tudo indicado:

estacionar em hallstatt

De transportes públicos ~ 18€ apenas a ida

É possível ir até Hallstatt de transportes públicos, mas demoram cerca de 2h30 para lá chegar (isto se apanharem as ligações todas sem grandes esperas). Para começar a jornada devem apanhar o autocarro nº150 em Salzburgo até a paragem Bad Ischl (sai um autocarro todas as horas e o bilhete custa cerca de 11€ a ida). Se tiverem tempo podem optar por passear um pouco por Bad Ischl, uma aldeia muito charmoso.

Daí têm depois duas opções: comboio + barco ou mais dois autocarros, mas a primeira opção é a melhor. O comboio custa 4,10€ até Obertraun e daí apanham um barco por mais 2,5€. Só optaria por esta opção se o objectivo for passar uma noite em Hallstatt ou nos arredores.

Com uma excursão ~ 50-60€ com tudo incluído

Como já disse, a grande maioria das pessoas que visitam Hallstatt chegam de Salzburgo numa excursão. Esta excursão inclui uma passagem pela região de Salzkammergut e a cascata Muhlbach. Podem optar por incluir também a visita das minas de sal (entrada pague à parte).

Visitar Hallstatt | 6 locais a não perder

1 – Descobrir o centro de Hallstatt

Para conhecer bem Hallstatt nada melhor do que caminhar a pé pelo centro da aldeia. Irão de certeza apreciar passear pelas ruelas alpinas do século XVI e admirar as casas antigas com varandas de madeira, a praça central colorida e as pequenas lojas repletas de lembranças.

Não deixem de visitar a igreja católica, Pfarrkirchena, e o cemitério que fica mesmo ao lado. Podem achar estranho visitar um cemitério, mas este está particularmente bem cuidado. Outro local a não perder é o ossário que fica perto do cemitério, numa pequena capela.

Esse ossário foi criado no século XII com o objectivo de armazenar os ossos provenientes do cemitério. Passado 10 a 15 anos, os crânios são retirados do cemitério, para serem limpos e pintados. Cada pintura tem um significado diferente e cada crânio tem gravado o nome e a data do falecimento. Essa tradição ainda se mantém!

praça central

2 – Andar de barco no lago de Hallstatt

Uma vez terminada a visita da cidade o sol começou a tornar-se algo incomodativo. Os barcos no meio do lago tornaram-se então muito convidativos. Saltamos no primeiro barco eléctrico disponível e navegamos durante meia hora pelo lago Hallstätter See. Uma atividade que não estava nos nossos planos e que acabou por se tornar numa agradável experiência proporcionando uma vista diferente sobre Hallstatt.

Preço: 13€/meia hora de barco eléctrico
barco hallstatt
austria hallstatt
visitar hallstatt

3 – Grutas de gelo em Dachstein

A menos de 15 minutos de carro de Hallstatt fica a aldeia de Obertraun. Esta aldeia é o ponto de partida do funicular que passa por dois locais imperdíveis da região: as grutas de Daschstein e o miradouro 5 Fingers. Recomendo iniciar estas visitas logo de manhã cedo para evitar filas e poder assim visitar Hallstatt durante a tarde.

O teleférico Dachstein tem uma primeira paragem, Schönbergalm. Depois de caminhar uns metros irão logo encontrar a entrada para duas grutas naturais: Rieseneishöhle (a gruta de gelo gigante) e Mammuthöhle (a gruta do mamute).

Rieseneishöhle

Durante cerca de 50 minutos irão ser guiados por diversas galerias e corredores de gelo. Um dos principais pontos de interesse dessa visita é o chamado “Grande Monte de Gelo”, um cone de gelo com mais de 9 metros de altura.

Mammuthöhle

Esta visita tem uma duração de 1h e leva a conhecer uma das maiores grutas da Europa com cerca de 1 200m de altura. Uma visita interessante para quem pretende  saber mais sobre a formação das grutas.

 

É quando menos esperamos que as coisas acontecem. Foi na nossa recente viagem às ilhas Canárias que accionamos pela primeira vez o nosso Seguro de Viagem, por algo que pode acontecer a todos. O cartão europeu de saúde não nos ajudou em nada pois não se tratou de um problema de saúde. Um seguro de viagem não é apenas um seguro de saúde, cobre muito mais.  Por isso, recomendamos sempre contratar um bom seguro de viagem, mesmo para viagens dentro da Europa. Os seguros IATI têm boas coberturas, têm atendimento em português e não cobram franquias! Além disso, custa apenas 16€/semana para uma viagem na Europa e os nossos leitores têm ainda direito a 5% de desconto. Porquê arriscar?

Melhor seguro de Viagem

4 – Miradouro 5 Fingers

Uma das principais atrações nos arredores de Hallstatt é este famoso miradouro. O melhor é comprar o bilhete combinado com as grutas, pois o funicular é o mesmo. Este miradouro em formato de mão, foi construído a uma altura de 2 108 metros proporcionando uma vista deslumbrante sobre os Alpes. “Os dedos da mão” têm cerca de 4 metros de comprimento e ficam por cima de um precipício com cerca de 400 metros de profundidade.

Para perceberem melhor a localização destes últimos 3 locais, vejam este mapa:

hallstatt 5 Fingers

5 Fingers: 32,00€
Grutas de Gelo ou Gruta do Mamute: 36,30€
Grutas de gelo + gruta do Mamute: 42,60€
Grutas de gelo + gruta do Mamute + 5 Fingers: 48,20€
Podem consultar os horários e preços atualizados no Site Oficial.

5 – Skywalk / Welterbeblick

Se gostam de miradouros existe um com acesso directo desde Hallstatt chamado Hallstatt Skywalk (Welterbeblick). Este miradouro fica mesmo por cima da aldeia oferecendo um lindo panorama sobre o lago. Para lá chegar têm duas opções:

Opção económica e saudável: subir a pé! A caminhada dura cerca de 1h existindo vários caminhos.
Opção rápida sem esforços: subir de funicular por 16€/pessoa

Do miradouro têm uma vista panorâmica sobre Hallstatt e o lago. Para quem subir a pé, merecem relaxar no café/restaurante que se encontra junto ao miradouro antes de voltar a descer.

6 – Visitar as minhas de sal em Hallstatt

Outra visita famosa em Hallstatt são as minas de sal que ficam junto ao miradouro Welterbeblick. São as mais antigas minas de sal do mundo! Antigamente o sal era transportado desde Hallstatt até o mar Báltico e o mar Mediterrâneo. Hoje tornou-se numa atração turística com visitas guiadas. A visita é bastante divertida pois é necessário vestir um fato de mineiro para penetrar nas minas. Uma vez lá dentro irão aprender mais sobre a história desta região e a importância das minas de sal. Durante a visita ainda terão direito a um espectáculo de luzes  junto a um lago subterrâneo e um passeio de comboio.

Duração da visita: 2h
Preço: 24€/pessoa (minas de sal + funicular: 34€)
lago hallstatt
visitar hallstatt

Visitar Hallstatt em 1 dia

Não fizemos isto, mas a meu ver este seria o plano ideal para quem pretende fazer uma visita completa em Hallstatt em apenas um dia:

  • Visita das grutas de gelo + miradouro 5 Fingers de manhã (contar com pelo menos 2h para estas 2 atividades)
  • Passeio pelo centro de Hallstatt passando pela igreja e o ossário (1h)
  • Almoço no centro
  • Visita das minas de sal e miradouro Skywalk de tarde (~3h00)
  • Passeio de barco no final do dia

Se voltasse a repetir esta viagem preferia passar uma noite em Hallstatt, passava assim um dia completo apenas em Hallstatt e a manhã seguinte em Obertraun para visitar as grutas e o miradouro 5 Fingers.

Onde dormir em Hallstatt

Como já devem suspeitar, um local tão pequeno e tão famoso não é o local mais barato para se hospedar, mas deve valer a pena. No centro de Hallstatt, o hotel mais barato fica por ~200€/noite! Este foi o nosso favorito quando andamos a pesquisar: Lakeview Apartment.

Para mais informações e reservas: Lakeview Apartment.

Outra opção mais em conta passa por ficar hospedado em Obertraun. Este pareceu-me muito bom e tem pequeno almoço incluído: Seeblick Krippenstein. 

Onde comer em Hallstatt

Não tínhamos pesquisado nenhum local em particular para almoçar. Quando a fome começou a apertar percebemos que os restaurantes junto ao lago eram todos muito caros e repletos de turistas. Fizemos uma breve pesquisa e encontramos um restaurante que tinha claramente a nossa cara. Pequeno, familiar, afastado do centro, com produtos biológicos e bolos caseiros. Acabamos por ter uma das refeições mais baratas da viagem com um atendimento 5* e claro, tudo muito saboroso! Por isso, quando visitarem Hallstatt não deixem de passar pelo restaurante/café Simple 169.

Dinheiro em Hallstatt

A moeda oficial da Áustria é o euro, mas o vosso banco português poderá cobrar uma taxa e/ou comissão sobre levantamentos e pagamentos no estrangeiro. Sempre que viajamos, levamos connosco o nosso Cartão Revolut com o qual tentamos pagar absolutamente tudo. Evita-nos assim andar com muito dinheiro na carteira. Trata-se de um cartão bancário gratuito, sem custos de manutenção e que não cobra taxas nem comissões no estrangeiro! Além disso, permite usufruir da melhor taxa de conversão em vigor. Fizemos uma comparação directa com o nosso cartão bancário português e explicamos tudo neste artigo: Cartão Revolut. Podem pedir o vosso gratuitamente através do seguinte link: Cartão Revolut gratuito.

E vocês, já visitaram Hallstatt? Alguma dica que queiram partilhar?

-

AS FERRAMENTAS INDISPENSÁVEIS PARA ORGANIZARES A TUA  VIAGEM:

Podes encontrar aqui os melhores voos: Skyscanner ou Momondo

Para encontrares as melhores promoções e reservares o teu alojamento recomendamos o Booking

Não te esqueças de contratar um bom seguro de viagem, os Seguros Iati têm atendimento em português, são especializados em viagem e não cobram franquia! Se realizares a compra através do nosso link tens direito a 5% de desconto em qualquer seguro.

Procura as melhores excursões e compra os teus bilhetes para as melhores atrações na GetYourGuide

Poupa em taxas de levantamento usando o Cartão Revolut

-

-

2 thoughts on “Visitar Hallstatt | O que fazer, locais a ver e onde dormir

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *