América do SulPeru

Quanto custa uma viagem ao Peru?

Quanto custa uma viagem de duas semanas pelo Peru? Tudo irá depender da vossa maneira de viajar e da vossa flexibilidade nas datas. É possível viajar de forma económica gastando menos de 25€ por dia no Peru. Iremos partilhar aqui algumas dicas para vos ajudar a poupar na vossa viagem.

Quanto custa o alojamento no Peru?

Relativamente aos hotéis conseguem encontrar camas em dormitórios a partir de 5€/noite, quartos duplos com casa de banho partilhada a partir de ~10€/noite e quartos duplos com casa de banho privativa a partir de ~20€/noite (os preços mencionados são por pessoa e não por quarto). Recomendo optar por hotéis com pequeno almoço incluído para pouparem tempo, pois nem sempre é fácil encontrar um sítio onde tomar um bom pequeno almoço. No Peru é mesmo importante começar o dia com uma boa refeição.

Pagamos no total 260€ para os dois, ou seja ~9€/noite por pessoa. Ficamos quase sempre em quartos duplos com casa de banho privativa, por vezes tínhamos a casa de banho partilhada com os nossos amigos e no Machu Picchu ficamos num dormitório para 4 pessoas. Relativamente a outros países achamos os hotéis ligeiramente inferiores. Indicamos todos os hotéis que escolhemos no nosso artigo:  Visitar o Peru | Roteiro e Dicas de Viagem

Podem encontrar aqui as melhores ofertas:



Booking.com

Quanto custa comer no Peru?

Para a comida gastamos um total de 345 € para os dois, ou seja ~11€/pessoa por dia. Comemos quase sempre em restaurantes, alguns hotéis tinham pequeno almoço incluído, outros não. Em regra geral a comida é boa, mas convém perguntar sempre se é picante ou não. Os pratos que mais gostamos: sopa de quinoa, causa rellena, hambúrguer de quinoa e chicharron de peixe. Que delícia! Quanto ao famoso ceviche… foi uma desilusão!

Quanto custa deslocar-se pelo Peru?

Esta era a nossa viagem de sonho e quisemos aproveitar ao máximo cada dia. Por isso optamos por nos deslocar maioritariamente de avião (~30 a 40€ para um voo de 1h) em vez de optar pelo autocarro (~5€ para um trajecto de 10h) e como éramos 4 também acabamos por andar mais vezes de táxi. Ficou-nos no total por 765€ para os dois, ou seja ~25,5€/pessoa por dia. Aqui incluímos os voos internos, o autocarro noturno para Huaraz, o comboio para o Machu Picchu e os diversos táxis.

Quanto custa visitar o Machu Picchu?

A nossa maior despesa foi sem dúvida o Machu Picchu. Muita gente opta por ir de autocarro até a estação hidroeléctrica e andar a pé até Aguas Calientes, sem dúvida a opção mais barata. Como o tempo era pouco preferimos pagar mais caro e ir diretamente de comboio desde Ollantaytambo até Aguas Calientes e voltar de comboio até Cusco. Só aí gastamos cerca de 120€ por pessoa (nunca mais me queixo dos preços da cp), mais a entrada no Machu Picchu (~40€/pessoa). Ou seja, a nossa visita ao Machu Picchu ficou-nos num total de 160€/pessoa, mas conhecemos quem tenha gasto apenas 55€ no total optando pelo autocarro em vez do comboio. Informações detalhadas no nosso artigo:   Visitar o Machu Picchu

Quanto custam as visitas e excursões no Peru?

Gastamos um total de 409€ para todas as atividades, caminhadas e visitas que realizamos (excursão ao vale dos incas, Rainbow Mountain, as duas excursões em Huaraz e as entradas em alguns monumentos das cidades), ou seja ~13,6€/pessoa por dia.

Como poupar numa viagem ao Peru?

Para poupar nesta viagem, optamos por hotéis centrais para poder andar a pé, fizemos a grande caminhada pelo Canyon del Colca por conta própria sem guia, comemos em restaurantes recomendados por locais e tentávamos sempre que possível fazer as nossas compras nos grandes supermercados em vez das pequenas lojas de rua que ficam mais caras. 

Comprar os voos com pelo menos 3 meses de antecedência e evitar a época alta (Agosto e a primeira quinzena de Setembro)
  Ter flexibilidade nas datas! Podem fazer a pesquisa pelo Skyscanner colocando a opção “mês mais barato”. Se já souberem o mês em que podem viajar coloquem “mês inteiro” e conseguem ver assim os melhores voos preços para esse mês.
Façam a pesquisa partindo de Portugal, mas experimentem também fazer a pesquisa com partida em outras cidades europeias como Amesterdão, Paris, Frankfurt, Madrid…
Comer em restaurantes recomendados pelos locais e perguntar sempre pelo menu pois quase todos propõem um menu bastante barato que inclui sopa + prato + bebida.
Comprar água em grandes quantidades nos grandes supermercados, têm garrafas de 3 L (acreditem que não será de mais). Não comprem nas pequenas lojas de rua, fica quase pelo dobro do preço.
Negociar os preços das excursões e dos táxis, tudo se negoceia (apesar de ser mais difícil do que na Ásia).
  Sempre que puderem tentem deslocar-se a pé e de transportes públicos. Podem perguntar no vosso hotel se há mais alguém a querer visitar os mesmo locais que vocês e podem assim dividir o táxi (é muito fácil encontrar pessoas que queiram visitar o Vale Sagrado dos Incas ou a Rainbow Mountain)



O custo total da nossa viagem ao Peru

Resumindo:

 Alojamento: ~9€/noite por pessoa. 
 Comida: ~11€/pessoa por dia
 Transportes: ~25,5€/pessoa por dia
 Visitas/Excursões: ~13,6€/pessoa por dia

Com mais algumas compras e lembranças a viagem ficou no total por 915€ por pessoa em duas semanas. Se a isso adicionarmos o preço do voo que tínhamos visto inicialmente, ou seja, 650 € por pessoa ida e volta, a viagem poderia ter ficado por apenas 1565€ por pessoa com tudo incluído.

Mas como já devem ter percebido, não foi esse o preço que pagamos pelo voo. Infelizmente só 2 meses depois é que conseguimos comprar os voos com os nossos amigos, tendo em conta que não tínhamos flexibilidade nas datas acabou por nos ficar bem mais caro… 950€ por pessoa ida e volta pela KLM com uma escala em Amesterdão. 

Portanto o mais importante para poupar  é comprar o voo na altura certa e ter flexibilidade nas datas. 

 


Todos os nossos artigos sobre o Peru:

Visitar o Peru | Roteiro e Dicas de Viagem

Peru | Visitar o Machu Picchu

Peru | Os nossos gastos em 2 semanas

Peru | Como evitar o Mal das Montanhas?

-

AS FERRAMENTAS INDISPENSÁVEIS PARA ORGANIZARES A TUA  VIAGEM:

Podes encontrar aqui os melhores voos: Skyscanner ou Momondo

Para encontrares as melhores promoções e reservares o teu alojamento recomendamos o Booking

Não te esqueças de contratar um bom seguro de viagem, os Seguros Iati têm atendimento em português, são especializados em viagem e não cobram franquia! Se realizares a compra através do nosso link tens direito a 5% de desconto em qualquer seguro.

Procura as melhores excursões e compra os teus bilhetes para as melhores atrações na GetYourGuide

Poupa em taxas de levantamento usando o Cartão Revolut.

-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *