Tailândia

Visitar Chiang Mai – O que ver, fazer e onde dormir

visitar chiang mai

Estão a pensar visitar Chiang Mai no norte da Tailândia? Só posso aprovar essa decisão!

Chiang Mai é conhecida como sendo a “capital cultural da Tailândia”, ou ainda “capital do norte” e oferece uma espantosa diversidade de atividades e visitas culturais. Começando pelos templos, encontram mais de 300 templos em Chiang Mai! São tantas as opções que ficam rapidamente perdidos sem saber o que fazer e visitar.

Para vos ajudar a organizar a vossa visita, preparei este guia completo sobre Chiang Mai onde vos falo das 10 melhores visitas dentro da cidade, mas também dos locais mais bonitos a não perder nos arredores.

No fim partilho com vocês um roteiro de 1, 2, 3 ou 4  dias para visitar Chiang Mai bem como sugestões de hotéis para encontrarem o melhor alojamento para visitar Chiang Mai.

COMO CHEGAR A CHIANG MAI

O mais rápido é chegar de avião. Existem vários voos directos desde Bangkok a preços muito acessíveis (a partir de 25€ pela Air Asia). Outra opção mais autêntica e divertida é o comboio noturno desde Bangkok. Podem ver aqui a nossa experiência.

Encontram também voos baratos de Chiang Mai para o sul (Krabi, ou Phuket) e para as ilhas do Golfe (Koh Samui). Portanto uma boa opção para um itinerário de duas semanas na Tailândia consiste em começar por visitar a capital antes de seguir para Chiang Mai (com uma breve paragem por Ayutthaya) antes de relaxar uns dias nas ilhas do sul. Podem ver aqui o nosso Roteiro na Tailândia.

Recomendo passar pelo menos 3 dias em Chiang Mai, e mesmo assim irá saber a pouco! 

DINHEIRO EM CHIANG MAI

Em Chiang Mai podem trocar dinheiro em várias lojas de câmbio ou diretamente no banco. Também encontram com facilidade caixas multibanco para levantar dinheiro, mas não se esqueçam que os bancos tailandeses cobram sempre uma pequena taxa por cada levantamento. 

Para evitar taxas e comissões dos bancos portugueses levamos sempre connosco o nosso Cartão Revolut. Não impede pagar a taxa do banco tailandês, mas pelo menos não pagamos a comissão do banco português por cada pagamento/levantamento. Foi confuso? Passo a explicar.

Quando levantam dinheiro no estrangeiro estão sujeitos a várias taxas. Uma delas é a taxa local imposta pelo país onde se encontram. Independentemente do tipo de cartão irão pagar essa taxa. Depois há a taxa de levantamento imposta pelo vosso próprio banco por cada levantamento, é um valor fixo tipo 2,50€. E ainda existe a comissão que o vosso banco irá cobrar sobre o valor levantado, geralmente uma percentagem tipo 3%. Com o Cartão Revolut só pagam a primeira taxa que mencionei, a do banco tailandês.

Para os pagamentos acontece o mesmo, alguns bancos portugueses cobram uma comissão por cada pagamento feito no estrangeiro! Com o cartão Revolut podem pagar de forma ilimitada em hotéis, restaurantes e lojas sem taxas ou comissões.

Em cada viagem internacional poupamos em média entre 40 a 50€ em taxas e comissões! Podem pedir o vosso Cartão Revolut gratuitamente através do nosso blogue.

PEDE O TEU CARTÃO GRATUITAMENTE

É fácil e seguro, com o nosso link poupas os custos de envio (5,99€)!

ONDE DORMIR EM CHIANG MAI

Se procuram um hotel muito económico e bem localizado o Hostel by Bed é sem dúvida um dos melhores hotéis em Chiang Mai em termos de relação qualidade/preço. Existem dormitórios mistos e quartos duplos com casa de banho privada a partir de 18€/noite, ambos equipados com ar condicionado (imprescindível em Chiang Mai).

Outro excelente hotel é o Kittawan Home&Gallery onde encontram quartos duplos com casa de banho privada, televisão de ecrã plano, ar condicionado, frigorífico e pequeno almoço incluído a partir de 22€/noite. Se ficar fora do centro histórico de Chiang Mai não for um incómodo, este hotel é uma excelente escolha pois tem preços imbatíveis. 

O Hyde Park tem tudo e mais alguma coisa. O hotel possui um restaurante, uma linda piscina, um ginásio e uma sala de estar. A partir de 54€/noite têm direito a um quarto duplo com casa de banho privada, ar condicionado, televisão de ecrã plano, frigorífico e varanda (é o hotel que aparece nas fotografias a seguir).

Por fim, se quiserem uma estadia inesquecível no centro de Chiang Mai, vejam as fotografias do hotel Thai Akara. Este sumptuoso hotel com piscina, restaurante, bar, centro de spa e fitness propõe suites totalmente equipadas a partir de 113€/noite.

hotel chiang mai
hotel chiang mai
hotel chiang mai
hotel chiang mai

O QUE VISITAR EM CHIANG MAI

1 - O centro histórico de Chiang Mai

Qualquer visita de Chiang Mai deve começar pelo seu centro histórico. É aí que irão encontrar a grande maioria dos templos, mercados, museus, bares e restaurantes.

Já olharam para um mapa de Chiang Mai? O centro permanece rodeado por uma antiga muralha (ou pedaços de muralha) e um canal, formando assim um quadrado. Os hotéis que ficam dentro desse quadrado são evidentemente mais caros.

Guardem umas horas para passear livremente pela cidade, explorando os mercados, observando toda a animação dos tuk-tuks, motas e vendedores de rua. Não se irão arrepender.

Cada vez mais acho que visitar uma cidade com guia faz todo o sentido. Passamos ao lado de imensas informações, detalhes, anedotas visitando por conta própria. Por isso, decidi partilhar com vocês uma sugestão bastante agradável: uma visita guiada de bicicleta por Chiang Mai. 

visitar chiang mai

2 - O templo e montanha Doi Suthep

Se estiverem apenas de passagem por Chiang Mai e não tiverem tempo para visitar outros templos tentem pelo menos visitar este. É um dos templos mais sagrados do país.

Tentem evitar o fim de semana e os feriados, pois trata-se de um templo muito sagrado para os tailandeses que aproveitam esses dias para visitar o templo em família.

Entrada: 50 baths

Como chegar:

A entrada do parque nacional do Doi Suthep encontra-se a menos de 20 km do centro de Chiang Mai. A forma mais rápida e barata de lá chegar é alugando uma scooter e seguir pela estrada 1004.

Também podem chegar lá de transportes públicos num song taew (pequenas carrinhas vermelhas que podem levar até 10 pessoas). Costumam esperar até ficarem cheias. Se for o caso pagarão apenas 50 THB para ir até o Doi Suthep.

Se optarem por ir a pé tenham em atenção que existe um desnível de cerca de 700m, pois o templo Doi Suthep encontra-se numa colina. A grande vantagem de ir a pé é a possibilidade de passar por outro templo, o Wat Pha Lad. Esse pequeno templo fica no meio da floresta, um encanto. Por ser desconhecido pela grande maioria dos turistas, o local está quase sempre vazio.

A minha Recomendação

Subam de Song Taew de manhã cedo e desçam a pé para passar pelo templo Wat pha Lad. No regresso ao centro de Chiang Mai poderão fazer mais uma paragem no templo Wat Umong. Entre as centenas de templos budistas em Chiang Mai, o Wat Umong ou “Tunnel temple” é único pela sua localização na floresta e o seu sistema de túneis. A atmosfera serena e pacífica do templo, perto da montanha Doi Suthep, proporciona um momento relaxante após a confusão do Doi Suthep.

doi suthep chiang mai

3 - Os templos em Chiang Mai

Como já referi, templos não faltam em Chiang Mai. Basta caminhar uns metros para encontrar um templo. A cidade de Chiang Mai é um autêntico museu ao ar livre. Além disso, os templos são quase todos gratuitos e os que têm acesso pago são muito baratos, portanto não percam esta oportunidade única de mergulhar na cultura tailandesa!

Deixo aqui os que, a meu ver, merecem mesmo uma visita:

  • Wat Chedi Luang: um lindo templo no centro da cidade antiga, cuja pagoda foi parcialmente destruída durante o terramoto de 1545. Há vários anos atrás era aqui que encontravam o famoso Buda de Esmeralda que está atualmente em Bangkok no templo Wat Phra Kaew. Entrada: 40 baths
  • Wat Phan Tao: fica mesmo ao lado do anterior, apesar de ser muito mais pequeno tem um charme difícil de descrever.
  • Wat Phra Sing: este templo abriga uma estátua muito importante, o Phra Buddha Sihing, que deu o nome ao templo. Segundo a lenda trata-se da estátua que desapareceu do templo de Mahabodhi em Bodh Gaya na Índia. Entrada: gratuito.
  • Wat Sri Suphan: também conhecido como o templo de prata por ter sido, em parte, construído com esse metal. É de uma beleza incomparável, muito diferente dos restantes templos. Fica a cerca de 1 km do centro da cidade, é muito fácil lá chegar. Entrada: gratuito.
  • Wat Chiang Man: é o templo mais antigo de Chiang Mai construído em 1297 pelo rei do povo Lanna, o povo que ocupava a essa região nessa altura. Dentro poderão admirar duas estátuas do Buda, uma em mármore e outra em cristal.
  • Wat Phan On: o templo ideal para quem procura sossego. Apesar de ficar “dentro do quadrado” do centro histórico e ter acesso gratuito, este templo está quase sempre vazio.

IMPORTANTE

Não se esqueçam que é obrigatório usar roupa adequada para visitar os templos. Homens e mulheres devem ter ombros e pernas cobertas! Tirar os sapatos é bom senso geral.

visitar chiang mai

4 - Os mercados de Chiang Mai

Uma visita a Chiang Mai deve obrigatoriamente incluir uma visita a um dos seus numerosos mercados. Encontram de tudo nesses mercados, desde especiarias poderosas, frutas coloridas, legumes estranhos, souvenirs e roupas. Escolha não falta.

Se a visita for durante o dia recomendo o mercado Talat Warorot. É simplesmente o maior mercado da cidade, é frequentado pelos locais e inclui uma zona dedicada a comida de rua.

Se continuarem até o rio irão encontrar o mercado das flores. Um regalo para o olfacto, mas também para os olhos. Os floristas que aí se encontram trabalham arduamente para compor oferendas e colares de flores, cada um mais lindo que o outro.

À noite não podem perder o famoso Night Bazar. Aberto todos os dias a partir das 18h fica localizado na Chang Klan Road e é uma das maiores atrações da cidade. Os preços esses, não são assim tão atrativos. Aproveitem a visita para experimentar a comida de rua. Durante o fim de semana, mais vale optar pelo Saturday ou o Sunday Night Market. Os preços são ligeiramente mais baixos.

DICA

Se são particularmente fãs de comida de rua ou se nunca experimentaram e quiserem ter uma primeira experiência inesquecível recomendo uma visita guiada pelos mercados de rua com um guia tailandês que vos irá ajudar a escolher os melhores petiscos e não só. Irá vos dar uma “formação” sobre comida de rua, com dicas preciosas de como escolher o melhor stand e como pedir comida de rua na Tailândia. Irão descobrir as especialidades do norte da Tailândia numa noite memorável. Basta clicar aqui para mais informações.

5 - Aula de culinária em Chiang Mai

Se procuram uma experiência autêntica, um momento inesquecível, então não saiam da Tailândia sem participar numa aula de culinária. Chiang Mai é um dos melhores locais para isso, mas devem escolher cuidadosamente. O sucesso desta atividade fez com que muitos, infelizmente, se aproveitassem do pobre e desgraçado turista que procura avidamente uma experiência única.

Para não caírem numa burla deixo aqui uma sugestão aprovada por vários viajantes. Uma aula de 4h que inclui transfer, visita do mercado e aula de culinária por apenas 41€/pessoa.

O que inclui:

✅Visita a um mercado local
✅Bancada de culinária individual + ingredientes necessários
✅Água potável gratuita (750 ml)
✅Transfer de ida e volta do hotel
✅Livro de receitas
✅Sobremesa
✅Almoço ou jantar

aula culinaria chiang mai

6 - Uma massagem em Chiang Mai

Quem não gosta de uma boa massagem? Quem nunca ouviu falar das massagens tailandesas? É sem dúvida uma das nossas atividades favoritas quando viajamos e na Ásia não há como não aproveitar. Os preços convidativas e as mãos experientes tornam esta atividade num imperdível de Chiang Mai. Juntem a isso uma caminhada de 2 dias em cima das pernas e acreditem que essa massagem será uma das melhores massagens da vossa vida.

7 - Os museus em Chiang Mai

Museus em Chiang Mai, não estavam à espera dessa pois não? Mas acreditem, existem imensos museus em Chiang Mai principalmente orientados para a história do povo Lanna (que ocupou antigamente esta região) e sobre a cultura do norte do país. Podem assim visitar o Museu Nacional de Chiang Mai, o museu de artes populares Lanna ou ainda o Centro Cultural e artístico de Chiang Mai.

Mas o museu mais visitado de Chiang Mai não fala sobre cultura, tradições ou antepassados. É um museu atípico e bastante original que atrai muitos turistas que procuram diversão. Neste museu podem tirar várias fotografias espantosas em vários cenários 3D. Os cenários são mesmo surpreendentes. Podem comprar os vossos bilhetes aqui para Museu Art in Paradise.

8 - Atividades radicais e desportivas em Chiang Mai

Eu avisei no início do artigo, Chiang Mai surpreende pela diversidade de atividades que oferece! E os amantes de adrenalina e sensações fortes irão ficar maravilhados com a quantidade de atividades disponíveis.

Desde a descida do rio em rafting, buggy na floresta, escalada nas falésias do Crazy Horse Buttress, tirolesa no parque Flight of the Gibbon ou ainda VTT no parque Nacional de Doi Suthep, escolha não falta. Para os que procuram algo mais calmo em contacto com a natureza recomendo kayak no rio Mae Ping ou ainda uma excursão em quad nos campos tailandeses.

Muitas agências propõem juntar várias atividades no mesmo dia, mas tenham muito cuidado. Escolham uma agência séria com boas condições de segurança. Infelizmente os acidentes não são raros na Tailândia por falta de segurança e o barato sai geralmente caro. Informem-se previamente sobre as diferentes agências. Recomendo vivamente reservar previamente essas atividades online para poder tomar uma decisão informada. Juntei aqui todas as atividades que podem realizar em Chiang Mai.

O site para o qual vos direciono permite reservar com agências sérias com cancelamento gratuito até 24h antes, deixando assim alguma flexibilidade.

9 - Trekking até uma tribu local

Este foi uma das experiências que mais nos marcou durante a viagem. Tivemos imensa sorte pois ficamos sozinhos com o nosso grupo de amigos e um guia espectacular com o qual nos divertimos imenso. Foram dois dias no meio da floresta, o primeiro foi mais puxado, sempre a subir para alcançar uma tribu Lahu no meio da montanha onde passamos a noite. 

O jantar foi preparado pelo nosso guia à nossa frente com produtos locais (até foi buscar os ovos ao galinheiro da aldeia). Comemos à luz da fogueira e das estrelas antes de ouvir um solo de guitarra memorável. Descemos no dia seguinte a pé pela montanha e depois no rio num bamboo rafting super relaxante. Recomendo!

Mais uma vez informem-se bem do que está ou não incluído na excursão e fujam das agências que propõem um passeio em cima de elefantes!

Eco-trek

10 - Assistir a um combate de boxe muay thai

Esta é uma atividade cada vez mais famosa em Chiang Mai. É sem dúvida uma oportunidade única para mergulhar na cultura tailandesa e assistir ao vivo a este impressionante combate épico.

As técnicas de combate são baseadas no treino militar dos soldados tailandeses e tornou-se hoje no desporto nacional da Tailândia!

Existem três locais onde pode assistir a um combate: o Kalare Stadium, o Loi Kroh Stadium e o Thapae Boxing Stadium. A entrada custa entre 400 e 700 Baths.

O QUE VISITAR NOS ARREDORES DE CHIANG MAI

O Parque Nacional do Doi Inthanon

O parque nacional do Doi Inthanon é um enorme parque natural no meio do qual se podem admirar os magníficos chedis do rei e da rainha. Tendo em conta que se localiza a cerca de 115km do centro de Chiang Mai é preciso contar um dia inteiro para visitar este local. 

O mais prático e rápido será alugar um carro ou uma mota. O acesso é fácil, basta seguir pela 108 para sul e depois apanhar a 1009 para oeste até aparecerem as indicações para o Doi Inthanon. A versão mais cara inclui passar por uma agência local ou ir de táxi privado. Podem reservar aqui a vossa excursão com motorista privada.

Entrada do parque: 200 bahts

doi inthanon

Mae Hong Son

Para quem procura sossego, natureza e pores do sol sensacionais, tudo isso longe dos roteiros turísticos, então esta é a viagem que devem fazer. Alugar uma scooter e partir à aventura até Mae hong Son será sem dúvida um momento memorável. 

Contem pelo menos 3 dias para dar a volta completa com calma, desfrutar das paisagens, mergulhar nas numerosas cascatas e saborear pratos típicos do norte da Tailândia.

Cascatas Bua Thong

Uma excelente ideia para um passeio divertido na natureza. Estas cascatas ficam a 70 km de Chiang Mai e têm uma particularidade. As rochas são muito pegajosas permitindo escalar com facilidade os vários níveis da cascata. Além disso durante a semana as piscinas naturais ficam quase vazias!

Se não quiserem alugar uma moto ou um carro para lá ir podem optar por esta excursão que junta a visita do Doi Suthep e estas cascatas.

Chiang Rai e o Triângulo dourado

Outra grande atração nos arredores de Chiang Mai é a cidade vizinha Chiang Rai. Vizinha não será bem a palavra correcta pois são preciso pelo menos 3h para percorrer os 200 kms que a separam de Chiang Mai.

Chiang Rai tornou-se particularmente famosa por causa do White temple (ou templo branco). Um templo com uma arquitetura bastante peculiar e talvez um dos mais impressionantes da Tailândia. Não me vou alongar mais sobre assunto porque certamente que já viram muitas fotografias deste local.

Se tiverem receio em alugar um carro ou se não tiverem tempo encontram diversas agências que propõem esta excursão num dia a partir de Chiang Mai. Inclui geralmente uma passagem pelo famoso Triângulo Dourado, que não é nada mais nada menos que o ponto geográfico que reúne os 3 países vizinhos (Tailândia, Laos e Myanmar).

white-temple

ELEFANTES EM CHIANG MAI

E os elefantes no meio disto tudo? Porque eu bem sei que estavam à espera de eu falar de uma das maiores atrações de Chiang Mai. E por ser uma das maiores atrações é que não recomendo. Se há uns anos atrás não se ouvia falar de santuários, agora parece que todas as atrações com elefantes adotaram esse nome sem mudar as suas atitudes. Ter “santuário” no nome permitiu triplicar o preço e muitos turistas nem procuram saber se é efectivamente um santuário.

Por isso, ou têm mesmo a certeza absoluta que se trata de facto de um santuário preocupado com o bem estar destes animais ou então não desperdicem o vosso dinheiro e tempo. Não compactuam com isso por favor. Recomendo vivamente ler este artigo que escrevi há uns tempos sobre este assunto.

ITINERÁRIO PARA VISITAR CHIANG MAI

Visitar Chiang Mai num dia

Se tiverem apenas um dia para visitar Chiang Mai recomendo o seguinte itinerário 

De manhã aproveitem para passear pelo centro histórico visitando:

✓ Templo Wat Pan On

✓ Templo Wat Chedi Luang

✓ Templo Wat Phan Tao

✓ Templo Wat Phra Singh 

✓ Templo Wat Chiang Man

A seguir podem optar por passear pela rua Moon Muang Road onde irão encontrar vários restaurantes 

De tarde apanhem um song taew até o Doi Suthep. Se tiverem tempo podem descer a pé passando pelo Wat pha Lat e o Wat Umong. Á noite aproveitem para visitar o Night Bazar durante a semana ou o Saturday/Sunday market durante o fim de semana. 

Visitar Chiang Mai em dois dias

Se tiverem dois dias para visitar Chiang Mai acrescentem ao itinerário anterior:

De manhã aproveitem para passear pelo centro histórico visitando:

✓ Mercado Tala Warorot e o mercado das flores

✓ Templo Wat Sri Suphan

✓ Um dos museus

De tarde não percam uma aula de culinária seguida de uma massagem relaxante. 

Visitar Chiang Mai em três dias

Se tiverem três dias para visitar Chiang Mai podem acrescentar ao itinerário anterior uma das seguintes excursões:

✓ Visita do Doi Inthanon 

✓ Visita do White Temple (Chiang Rai)

✓ Uma das numerosas atividades desportivas descritas anteriormente + cascatas Bua Thong

Visitar Chiang Mai em quatro ou mais dias

Se tiverem quatro ou mais dias para visitar Chiang Mai podem acrescentar uma caminhada de 2 dias até uma tribu local ou podem alugar uma moto para seguir até Mae Hong Son. 

A grande maioria dos hotéis guarda as mochilas grandes para não irem carregados durante esse tipo de excursão.

 

MAPA DE CHIANG MAI

Podem ver aqui todos os locais mencionados no artigo. Carreguem na imagem para aceder ao menu:

Os preços e informações expostos neste artigo podem não estar atualizados. Verifiquem sempre a informação nos sites oficiais. Se identificarem algum erro por favor deixem um comentário para podermos atualizar o artigo. Obrigada!

Podem ver nesta timeline os nossos artigos sobre cada etapa da nossa viagem à Tailândia

Se gostas do nosso trabalho, partilha! Obrigada 🙂

-

AS FERRAMENTAS INDISPENSÁVEIS PARA ORGANIZARES A TUA  VIAGEM:

   Podes encontrar aqui os melhores voos: Skyscanner ou Momondo

   Para encontrares as melhores promoções e reservares o teu alojamento recomendamos o Booking

   Não te esqueças de contratar um bom seguro de viagem, os Seguros Iati têm atendimento em português, são especializados em viagem e não cobram franquia! Se realizares a compra através do nosso link tens direito a 5% de desconto em qualquer seguro.

    Procura as melhores excursões e compra os teus bilhetes para as melhores atrações na GetYourGuide

    Poupa em taxas de levantamento usando o Cartão Revolut

-

Este artigo contém links de afiliados. Se comprares ou reservares através desses links não pagarás nada a mais por isso e estarás a ajudar os Destinos Vividos. Obrigada 🙂

 

-

-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *