Visitar Amed em Bali | O que não perder

Índice do Artigo

Partilha >>>

Visitar Amed, na costa este de Bali, foi sem dúvida o nosso momento favorito da viagem. Para além das suas fantásticas paisagens, Amed é um dos melhores spot de snorkeling e de mergulho da ilha. Um verdadeiro aquário gigante com barcos afundados. As praias são de areia preta, água cristalina com o vulcão Agung em pano de fundo. Além disso, existem vários templos lindíssimos neste lado da ilha, os templos mais bonitos do nosso Roteiro por Bali. Mal chegamos a Amed, ficamos logo com pena de ter reservado apenas uma noite.

visitar amed bali

Como chegar a Amed em Bali

Amed é uma pequena cidade de pescadores, para lá chegar o mais fácil será o táxi/motorista. Os transportes públicos em Bali não são muito bons e as estradas para estes lados são mesmo ruins. Pessoalmente não me arriscaria a vir sozinha de carro e muito menos de scooter.

Amed fica a cerca de 2h de Ubud e a 2h30 do aeroporto internacional de Bali.


visitar amed bali

Onde dormir para visitar Amed ?

Optamos por passar a noite no hotel Amed Sunset Beach. Trata-se de um pequeno hotel com restaurante e piscina na praia de Amed. Um local muito sossegado com quartos espaçosos, ar condicionado, Wi-Fi, casa de banho privativa e pequeno almoço incluído por ~30€/noite.  Podíamos ter ficado mais 2 noites aqui sem problema.

Entretanto encontrei outro excelente hotel ainda mais barato e com avaliações ainda melhores (vejam os comentários parece haver um jantar de oferta): Solaluna Beach Homestay.

Um dos melhores hotéis da zona, mas mais caro e que necessita ser reservado com antecedência é o Aquamarine Beach Villas, fica muito bem localizado mesmo ao lado do Japanese Shipwreck (o melhor spot para fazer snorkeling em Amed).

visitar amed bali
visitar amed bali

Onde comer em Amed ?

Restaurantes bons e económicos:

Warung Osin
Galanga
Warung Sabar
Warung Enak
Warung Celagi

Bons restaurantes com vista:

Warung Pantai
Bukit Segara
Gusto Resto
Sails Restaurant

O que visitar em Amed ?

Pura Lempuyang

Este é um dos mais antigos templos hindus de Bali. Trata-se na realidade de vários templos que dominam a montanha do mesmo nome. Vale a pena visitar Amed só por causa deste templo. Está dividido em  7 andares, sendo necessário cerca de 3 a 4h para subir as mais de 1800 escadas e visitar tudo até ao último andar. No entanto, o templo mais bonito encontra-se no segundo patamar e oferece uma vista deslumbrante sobre o monte Agung. Aí encontram a famosa “Porta para o céu”. Frente à porta encontra-se a escadaria dos dragões, não se pode subir pela escadaria central, somente pelas laterais!

A entrada é gratuita sendo no entanto necessário fazer um donativo. [Atualização Junho 2022: agora a entrada custa 100 000 IDR por pessoa + 5 000 IDR pelo parque de estacionamento].

Pura Lempuyang
Pura Lempuyang
visitar amed Pura Lempuyang
visitar amed Pura Lempuyang

Palácio de água Tirta Gangga

Este palácio é na realidade um labirinto de lagos e fontes rodeados por um magnífico jardim, relevos em pedra e estátuas. Um dos sítios mais bonitos que visitamos. Os balineses gostam de passear lá com a família e aproveitar a piscina local. Entrada: 40 000 IDR.

visitar amed Tirta Ganga
visitar amed Tirta Ganga
visitar amed Tirta Ganga

Palácio real Taman Ujung

Este palácio foi em tempos a residência da família real. É hoje um grande parque verde com vários lagos e uma série de pequenos palácios, pontes e colunas. Um local muito agradável para passear. Entrada: 50 000 IDR.

Taman Ujung Amed
Taman Ujung Amed
Taman Ujung Amed
Taman Ujung Amed
Taman Ujung Amed
Taman Ujung Amed

Templo Besakih

É o maior, o mais alto e o mais sagrado templo de Bali, também conhecido como o “templo-mãe”. Um imperdível quando visitarem Amed. Localiza-se na encosta do monte Agung, o vulcão mais alto da ilha (3 148m). É composto na realidade por 23 templos espalhados por 6 terraços. Sendo o templo mais importante da ilha recebe anualmente milhares de pessoas, sendo o centro de diversas festividades e cerimónias hindus. A entrada custa 60 000 rupias e já inclui o aluguer de sarongue, guia e a ida de moto até à entrada. Não é obrigatório comprar oferendas à entrada, apesar das mulheres dizerem o contrário. 

besakih templo visitar ubud
besakih templo
besakih templo

Os melhores spots de snorkeling e mergulho em Amed

Japanese Shipwreck

Provavelmente o melhor spot de snorkeling da costa. Mesmo em frente ao Baliku Dive Center irão encontrar um parque de estacionamento que dá depois acesso a uma praia. Se tiverem o vosso próprio material de snorkeling não é preciso pagar nada (exceto o parque), basta nadar um pouco e irão logo encontrar um barco afundado (tem uma boia a indicar o sítio exato), com uma diversidade incrível de peixes coloridos, uns pequenos, outros enormes. Até hoje o nosso melhor spot de snorkeling.

Jemeluk

Mesmo em frente ao restaurante Sama Sama, na baía de Jemeluk, a 10 metros da praia irão encontrar várias estátuas no fundo do mar rodeadas de peixes.

Coral Garden

Muitos pescadores vendem uma viagem de barco até “o melhor spot de snorkeling”, o Coral Garden. Supostamente não se consegue chegar lá sem ser de barco (isso é o que eles querem fazer acreditar aos turistas e vendem essa excursão a um preço absurdo), mas a verdade é que esse spot encontra-se mesmo em frente a um hotel e centro de ioga, o Meditasi Bungalows. Nessa altura era gratuito, podia-se atravessar o hotel e aceder à praia sem qualquer problema. Mas muito provavelmente poderão ter de pagar algo agora.

Tulamben

É aqui que se encontra o USS Liberty, um barco que afundou há mais de 60 anos (a menos de 25 m da praia) e que se tornou na casa de uma grande família. Às riscas, às bolinhas, espalmados, gordinhos, pequenos ou compridos… uma família muito diversificada que alegra todos os que por ali passam. Este é sem dúvida um dos melhores spot de mergulho, mas consegue-se ver uma grande variedade de peixe fazendo apenas snorkeling.

amed japanese shipwreck
amed best snorkeling

Visitar as ilhas Gilis saindo de Amed

Amed apresenta outra grande vantagem. De lá podem apanhar um barco diretamente até Gili Trawagan por ~ 25 euros pela Freebird Express, o trajeto dura 01h15. Sendo essa a única empresa a efetuar esse trajeto, o preço acaba por ser um pouco mais caro.

Se quiserem uma viagem mais barata, também podem optar por sair de Padang Bai que fica a apenas 1h de Amed. Nesse caso, a viagem de barco custa cerca de 15 euros. Podem reservar com segurança através do site 12goasia.

Gili Trawagan

Mapa com todos os locais a visitar em Amed e arredores

Podem ver neste mapa todos os locais a não perder em Amed.

destinos vividos

Olá !

Somos a Marina e o Axel, um casal ¾ português e ¼ francês, que viaja sempre que pode. Com este blogue queremos mostrar-te a nossa maneira de viajar, totalmente personalizada e totalmente livre, longe dos aborrecidos roteiros pré-feitos que abarrotam de turistas.

Queremos ajudar-te a viajar mais e melhor e, como nós, ser feliz a Viver cada Destino.

Últimos Artigos

Seguro de Viagem

Os Seguros Iati são seguros de viagem com excelentes coberturas, com atendimento em português e sem franquias!  Falamos por experiência própria. Já tivemos de accionar o nosso seguro e foram mesmo impecáveis. 

Por confiarmos neles, decidimos criar uma parceria. Os nossos leitores têm assim direito a 5% de desconto na compra de qualquer seguro IATI.

Reservar Hotel

Reserva o teu alojamento com antecedência para usufruir das melhores ofertas. Muitos hotéis têm cancelamento gratuito no Booking, a plataforma que usamos sempre nas nossas viagens.



Booking.com

Newsletter

Junta-te a nós e recebe as novidades em primeira mão ! Irás receber no máximo um email por mês com as últimas novidades.

Instagram

Partilhamos as nossas viagens em direto no Instagram. Acompanha as nossas aventuras por lá.

Melhor Mochila

Vê aqui como escolher a melhor mochila para viajar e poupar dinheiro com a bagagem!

This Post Has 3 Comments

  1. Gonçalo M.

    Olá Marina,

    Antes de mais muitos parabéns por este Blog fantástico e pelas dicas!
    Em Outubro (de 2 a 16) vou a Indonésia com a minha namorada e tenho tirado grande parte das ideias no teu Blog.
    Gostaria de tirar algumas dúvidas contigo, se fosse possível.
    Em Lombuk o meio de transporte era o Taxi, certo? Fizeste como em Ubud em que andaste sempre com o mesmo taxista/guia ou apanhavas um taxi conforme necessitavas?
    Para subir o Monte Batur, é melhor ir estando hospedado em Ubud ou Amed? E como podemos subir? Basta falar algum guia como o Sr. Eka ou temos de nos dirigir a algum sitio em concreto, alguma excursão?
    Para apanhar o barco de Lombok para as uma das 3 Ilhas Gilli, faço-o em que zona da ilha?

    Obrigado e continuem o trabalho fantástico!

    Melhores cumprimentos,
    Gonçalo

    1. Marina Ponto Santos

      Olá Gonçalo! muito obrigada pela querida mensagem 🙂

      Sim em Lombok andamos sempre de táxi, combinamos com o hotel e eles é que arranjaram o táxi no sul de Lombok. Depois foi o táxi da agência com a qual subimos o monte Rinjani.
      Para subir ao monte Batur é obrigatório guia, pode ser com o Eka ou então ao chegar lá junto ao lago batur irão encontrar muito facilmente vários guias. O mais perto é Amed, mas o melhor é mesmo ficar junto ao lago Batur, tem vários hotéis nessa zona e assim podem começar a subir de madrugada para ver o nascer do sol.
      Podem apanhar o barco em Lombok Bangsal para as ilhas Gilis.

      Boa viagem 😉

  2. Diana Carvalho

    Olá Marina,
    Qual a melhor hora do dia para fazer snorkeling em Amed? Ao inicio da manhã, a meio do dia, ao final do dia?
    Obrigada 🙂

Deixe uma resposta