Visitar Aswan (Assuã): O que fazer e como chegar

Índice do Artigo

Partilha >>>

Se chegaram até aqui é porque planeiam visitar Aswan (Assuã). Em cada viagem há sempre um lugar que nos marca mais. Um local que relembramos com um carinho especial, porque sabemos que o que vivemos lá foi único. Durante a nossa viagem no Egito, Aswan (Assuã) foi esse lugar. Temos um carinho muito especial por essa cidade e o nosso único arrependimento foi ter reservado apenas 2 noites na ilha Elefantina.

Com este artigo espero ajudar-vos a organizar uma visita inesquecível a Aswan. Irão encontrar aqui um guia completo com todas as informações úteis de como chegar, onde dormir e o que não perder numa visita a Aswan (Assuã).

visitar aswan assuã
visitar assuã

Como chegar a Aswan (Assuã) ?

Como ir do Cairo para Aswan ?

Sendo eu uma grande fã de viagens de comboio, quando soube que era possível realizar esta viagem num comboio noturno não hesitei muito tempo. Apesar do preço pouco convidativo (80 USD por pessoa num compartimento privado com 2 camas), sabíamos que de avião iríamos gastar mais. Saímos por volta das 20h15 da estação de Giza e chegamos às 11h a Aswan. Compramos os bilhetes neste site uma semana antes da viagem, recebemos logo um e-mail com os bilhetes que imprimimos para mostrar na estação. Quando chegamos à estação um polícia veio logo ter connosco para nos orientar para uma sala de espera onde já estavam outros 20 turistas.

Como ir de Luxor para Aswan ?

É possível fazer essa viagem de autocarro, comboio ou com motorista para poder parar em 3 templos que ficam entre Aswan e Luxor: Kom Ombo, Edfu e Esna. Nós optamos por ir com motorista e visitamos apenas os dois primeiros pois ainda tivemos de visitar o Philae Temple de manhã e não sobrou tempo para visitar o templo de Esna. Os motoristas que contactamos pediam todos por volta dos 200€ para essa viagem. Acabamos por negociar com um motorista diretamente em Assuã e pagamos cerca de 100€ pelos dois. Se não quiserem arriscar, deixo aqui um link para contratar um motorista com segurança e com cancelamento gratuito até 24h por 63€/pessoa.

Se tiverem tempo podem fazer a viagem de comboio, fica muito mais barato. O horário dos comboios é no entanto incerto, podem ter de esperar 2h ou mais até o próximo aparecer.

visitar aswan
visitar assuã
visitar assuã

Orçamento para visitar Aswan (Assuã) ?

Gastamos uma média de 25€/noite com pequeno almoço incluído para um quarto duplo na ilha Elefantina, com casa de banho privativa e varanda com vista sobre o Nilo e as dunas.

Gastamos em média 200 EGP (11€) pelos dois por cada refeição com entrada, prato e bebida.

Estes foram os preços por pessoa de todos os locais que visitamos. Tentamos sempre mostrar o nosso cartão de estudante para usufruir do desconto de 50%, mas nem sempre aceitavam.

  • Templo de Philae: 90 EGP (5€ – preço estudante)
  • Jardim botânico: 35 EGP (2€)
  • Abu Simbel: 240 EGP (13,5€)
  • Noble Tombs Aswan: 30 EGP (1,7€)
  • Kom Ombo: 70 EGP (4€ – preço estudante)
  • Edfu: 90 EGP (5€ – preço estudante)

No total gastamos cerca de 30€ por pessoa em visitas.

Pagamos 100 EGP (5,5€) pelo táxi para nos levar até o Philae Temple e 200 EGP (11€) pelo barco nesse mesmo templo. Ficou-nos mais caro o transporte até lá do que a visita em si. Pagamos 5 EGP (0,28€) para atravessar o rio no ferry público.

Gastamos assim cerca de 9€ por pessoa em transportes.

Portanto no total gastamos cerca de 80€ por pessoa em Aswan (2 noites).

visitar aswan assuã

O que visitar em Aswan (Assuã) ?

Ilha Elefantina

Ficarmos hospedados nesta ilha contribuiu muito para Aswan se tornar no nosso lugar favorito no Egito. A população Núbia egípcia encontra-se espalhada pelas margens do nilo e pela ilha Elefantina. A ilha é pequena com apenas 1,2 km no seu maior diâmetro e está dividida em 3 aldeias.  Aqui não há alcatrão e todos se cumprimentam alegremente pelas ruas coloridas. No sul da ilha conseguem ver alguns vestígios de um antigo templo construído por Tutemosis III. Mas o melhor desta ilha são os seus habitantes que não vos irão tentar enganar ou insistir a tentar vender algo que não queiram, o que contrasta muito com o resto do Egito.

visitar aswan

Jardim botânico de Aswan (Assuã)

O jardim botânico de Aswan é na realidade uma ilha, a ilha de Kitchener, que fica mesmo ao lado da ilha Elefantina. É essa ilha que torna a paisagem tão linda com o verde a contrastar com as dunas da margem oposta. Esse jardim é uma coleção de árvores e plantas iniciada pelo Sr. Kitchener, um militar inglês que, a caminho do Sudão, decidiu plantar nesta ilha algumas plantas que foi encontrando durante a sua viagem. Aos poucos foi reunindo plantas e árvores de várias partes do mundo. Se quiserem sossego este é o local ideal. Chegam à ilha de barco negociando o preço com os numerosos pescadores que se encontram na ilha Elefantina ou nas margens de Aswan. O barco irá vos deixar numa das extremidades e depois recupera-vos na outra extremidade da ilha.

jardim botânico aswan

Mosteiro de São Simão

Este magnífico mosteiro copta fica no topo da colina na margem oposta a Aswan. Viveram aí mais de 300 monges cristãos. Chegam ao mosteiro de barco sendo depois necessário subir a pé durante 15 a 20 minutos (irão vos tentar convencer que só conseguem subir de camelo, não alimentem esse tipo de negócio por favor).

mausoleu aswan
visitar assuã

Aldeia núbia de Gharb Seheil

Para chegar a esta aldeia é necessário andar cerca de 20 minutos de barco. Pessoalmente não sabia nada sobre a Núbia antes de chegar a Aswan. A Núbia situa-se no vale do rio Nilo sendo partilhada entre o Egito e o Sudão. O povo núbio tem uma cultura e um dialecto próprio, alguns são cristãos, outros muçulmanos. Antes da construção da barragem os núbios ocupavam a grande maioria do sul do Egito e tinham o monopólio do comércio entre o Egito e o Sudão. Estavam claramente mais avançados relativamente ao resto do país principalmente em termos económicos e tecnológicos. Com a construção da barragem centenas de aldeias núbias ficaram submersas pelo lago Nasser, obrigando o povo núbio a reconstruir as suas aldeias nas margens do Nilo. A aldeia núbia de Gharb Seheil foi uma dessas aldeias reconstruídas. Que seja pelas suas ruas extremamente coloridas, pelos mercados de artesanato e especiarias ou simplesmente pelas pessoas que aí vivem e que vos recebem com um chá em casa, essa aldeia merece uma visita.

Podem juntar a visita do jardim botânico, do mosteiro e da aldeia núbia no mesmo dia, idealmente de tarde para apanhar o pôr do sol nos ilhéus do rio Nilo, uma experiência única.

visitar aswan aldeia núbia
nubian village aswan
nubian village aswan
nubian village aswan

Noble Tombs

Este foi outro momento único que vivemos ao pôr do sol com uma vista incrível sobre Aswan e o rio Nilo. Recomendo fazer este passeio de tarde pelo menos 2h antes da hora do pôr do sol, de forma a ter pelo menos 1h para subir com calma ao topo da colina e visitar os túmulos antes do pôr do sol. Não se esqueçam que o sol acaba por desaparecer mais cedo atrás das dunas!

visitar aswan
visitar aswan
visitar aswan
visitar aswan

Museu núbio

Não chegamos a visitar este museu, mas para quem quiser saber mais sobre a história da Núbia parece-me ser um local interessante e que se visita rapidamente. 

O templo de Philae

Este é outro local que não podem deixar de visitar em Aswan. Fomos adiando a visita e acabamos por visitar esse templo no dia em que fomos para Luxor, foi uma bela despedida de Aswan. O templo de Philae fica localizado numa ilha o que torna a visita muito agradável com uma paisagem envolvente única. Para lá chegar têm primeiro de negociar um táxi de Aswan até a bilheteira (conseguem negociar um táxi por 100 EGP ~ 5,5€). Depois de já ter adquirido o vosso bilhete chegam à zona dos barcos onde têm novamente de negociar, mas será difícil conseguir um por menos de 200 EGP. 

visitar philae temple aswan
visitar philae temple aswan
visitar philae temple aswan

Visitar Abu Simbel a partir de Aswan

Esta é uma visita imperdível no Egito. Um dos templos mais imponentes construído por Ramsés II junto à fronteira com o Sudão. A viagem até lá é longa, mas vale muito a pena. Existem imensas excursões saindo de Aswan para visitar Abu Simbel. Os motoristas que contactamos pediram-nos entre 100 a 150€ por pessoa!! Depois lá conseguimos encontrar uma excursão por 20€/pessoa. Se soubesse o que sei hoje não teria ido nessa excursão. Tivemos de esperar pelo autocarro que nos veio buscar às 03h30 num ponto previamente combinado, depois demoramos quase 1h até recolher todos os passageiros. Acabamos por sair de Aswan numa fila indiana de autocarros às 04h30. Atravessamos o deserto durante 3h num pequeno autocarro pouco confortável e ao chegar a Abu Simbel já estavam lá pelos menos 30 autocarros e só tivemos 2h para visitar o local. O tempo em si foi o suficiente, mas acabamos por estar limitados e não nos foi possível “esperar” para ver o local com menos gente.

Entretanto, encontrei uma solução que a meu ver parece um excelente compromisso em termos de relação qualidade/preço. Uma excursão com motorista privado (e possibilidade de contratar um guia) por apenas 45€/pessoa. Dessa forma podem sair à hora que vos der mais jeito num carro confortável e evitar assim os vários autocarros que saem praticamente todos à mesma hora de Aswan. Uma outra vantagem de ter um motorista privado é a de poder parar no deserto para tirar fotografias no meio dessa incrível paisagem, tive mesmo pena de não o poder fazer. Podem ver aqui mais informações sobre essa excursão privada, além de ser um site seguro permite cancelar gratuitamente até 24h antes.

visitar abu simbel

Passeio de barco ou felucca ao pôr do sol

Que seja num barco a motor ou de felucca, esta é daquelas experiências que não vão querer perder. Fizemos este passeio de barco com o Badry, um homem extremamente simpático que vive na ilha Elefantina. O nosso plano consistia em visitar apenas a aldeia núbia, mas antes de chegar à aldeia ele decidiu fazer um desvio pelos ilhéus do nilo para podermos aproveitar a golden hour. Sem lhe pedirmos nada levou-nos a conhecer os recantos mais bonitos do nilo criando assim um momento mágico.

visitar aswan
visitar assuã
visitar aswan
visitar aswan

Barragem de Aswan e o lago Nasser

Como disse mais acima, após a construção da barragem de Aswan, o lago Nasser engoliu não só aldeias núbias, mas também templos. Alguns desses templos foram reconstruídos nas margens do nilo e são hoje pérolas do Egito que pouca gente visita. A única forma de lá chegar é de barco num cruzeiro que sai de Aswan até Abu Simbel (3 a 4 noites) passando por Kalabsha, Dakka e Amada. No entanto tendo em conta a baixa procura, este tipo de cruzeiro fica bastante caro. Encontrei este por 500€.

Visitar Kom Ombo e Edfu a partir de Aswan

Entre Aswan e Luxor vale a pena visitar estes dois templos: Kom Ombu e Edfu. Se tiverem tempo podem acrescentar o templo de Esna.

O templo de Kom Ombo é o único templo egípcio dedicado a dois deuses: Sobek (deus crocodilo) e Hórus (deus falcão). Este templo foi construído de forma simétrica, estando tudo duplicado. A parte norte é dedicada à tríade do deus falcão Hórus, a esposa Tesenetnofret e o filho Panebtawy. A parte sul é dedicada à tríade do deus Sobek, a esposa Hathor e o filho Khonsu. Infelizmente grande parte do templo foi destruído pela proximidade do Nilo. A erosão provocada pelas inundações frequentes e alguns terramotos destruíram parte deste tesouro arquitectural. As pedras das ruínas foram reutilizadas para a construção de outros templos. O deus Sobek era o deus da fertilidade e da água, sendo adorado ao longo do Nilo, mas principalmente em Kom Ombo. A presença de crocodilos no Nilo era visto como um bom presságio para a fertilidade da terra, por isso era um deus muito venerado pelos agricultores. O crocodilo era considerado sagrado tendo sido encontradas várias múmias de crocodilo perto do templo de Kom Ombo.

visitar kom ombo
visitar kom ombo
visitar kom ombo
visitar kom ombo

O templo Edfu é um templo dedicado ao culto do deus Hórus. É o maior templo da dinastia ptolemaica, um dos templos mais bem preservados e o segundo maior templo do Egito a seguir ao templo de Karnak. A fachada principal tem 137 metros de comprimento, 79 de largura e 36 de altura. Em alguns sítios ainda é possível ver as cores originais. Foi um dos nossos templos favoritos do Egito.

Explico como visitar esses templos mais acima no início do artigo no capítulo “Como ir de Luxor para Aswan”.

visitar templo edfu aswan
templo edfu
templo edfu

Onde dormir para visitar Aswan (Assuã) ?

Optamos por ficar hospedados na ilha Elefantina e não nos arrependemos. O facto de estarmos alojados numa ilha não interferiu em nada nas nossas deslocações e permitiu-nos ficar num sítio muito sossegado. Do terraço do nosso restaurante favorito da ilha, conseguíamos ouvir o barulho constante do centro de Aswan do outro lado do rio! Por isso se quiserem sossego e contactar com pessoas genuínas, a ilha Elefantina é uma excelente aposta. Ficamos hospedados no Abazibo Nubian House e por 25€/noite tivemos direito a um quarto duplo com casa de banho privada e varanda com vista para o rio e as dunas (podem ver os vídeos do quarto nos nossos destaques no instagram). O pequeno almoço foi servido no terraço do hotel com vista para a outra margem do nilo e estava tudo delicioso. Para mais informações e reservas é por aqui.

Onde comer em Aswan (Assuã) ?

Em Aswan o nosso restaurante favorito encontra-se na ilha Elefantina, o Bob Marley Guesthouse. Aliás, foi um dos nossos restaurantes favoritos de toda a viagem, gostamos tanto que voltamos lá no dia seguinte. O terraço com vista para o Nilo é muito agradável e a comida divinal.

No centro de Aswan experimentamos também um restaurante que abriu recentemente, o Makani restaurant onde podem saborear um bom churrasco.

Espero que tenham gostado deste Guia para visitar Aswan (Assuã) e espero que seja útil no planeamento da vossa viagem. 

Se tiverem dúvidas ou sugestões não hesitem em deixar um comentário!

destinos vividos

Olá !

Somos a Marina e o Axel, um casal ¾ português e ¼ francês, que viaja sempre que pode. Com este blogue queremos mostrar-te a nossa maneira de viajar, totalmente personalizada e totalmente livre, longe dos aborrecidos roteiros pré-feitos que abarrotam de turistas.

Queremos ajudar-te a viajar mais e melhor e, como nós, ser feliz a Viver cada Destino.

Últimos Artigos

Seguro de Viagem

Os Seguros Iati são seguros de viagem com excelentes coberturas, com atendimento em português e sem franquias!  Falamos por experiência própria. Já tivemos de accionar o nosso seguro e foram mesmo impecáveis. 

Por confiarmos neles, decidimos criar uma parceria. Os nossos leitores têm assim direito a 5% de desconto na compra de qualquer seguro IATI.

Reservar Hotel

Reserva o teu alojamento com antecedência para usufruir das melhores ofertas. Muitos hotéis têm cancelamento gratuito no Booking, a plataforma que usamos sempre nas nossas viagens.



Booking.com

Newsletter

Junta-te a nós e recebe as novidades em primeira mão ! Irás receber no máximo um email por mês com as últimas novidades.

Instagram

Partilhamos as nossas viagens em direto no Instagram. Acompanha as nossas aventuras por lá.

Melhor Mochila

Vê aqui como escolher a melhor mochila para viajar e poupar dinheiro com a bagagem!

This Post Has 4 Comments

  1. Mélodie Silva

    Boa tarde,
    Excelente post!
    Vamos definitivamente seguir algumas das vossas dicas 🙂
    Acompanhei a vossa viagem no instagram e estava interessada em contactar o Badry. Seria possível informarem-me de como posso chegar ao contacto dele?

    Obrigada!

    1. Marina Ponto Santos

      Olá Mélodie!
      Fico contente pelo artigo ter sido útil 🙂 já enviei o contacto para o seu email.
      Boa viagem!

  2. Inês Cruz

    Olá,

    Estou a planear a viagem para daqui a 2 semanas e gostaria de ter também o contato do Sr Brady. Seria possivel fornecerem-me o contacto? Fizeram as viagens à aldeia nubia e às Noble tombs com ele?

    Obrigada!

    1. Marina Ponto Santos

      Olá Inês, sim visitamos a aldeia núbia, o jardim botânico e as noble tombs com ele. Já te mando o contacto por email 😉

Deixe uma resposta