Visitar a ilha do Pico

Visitar a ilha do Pico

Visitar a ilha do Pico é mergulhar numa natureza resplandecente, numa junção entre Terra e Mar onde a vida marinha nos deixa de imediato fascinados e apaixonados. Mas visitar a ilha do Pico é também confrontar-se à dureza da Montanha, ao desafio da meteorologia incerta e maravilhar-se com a proeza humana que aqui conseguiu cultivar vinho, bom vinho! 

A ilha do Pico é a segunda maior ilha dos Açores e encontra-se dominada pela Montanha do Pico. Não fosse ela a Montanha mais alta de Portugal e uma das Sete Maravilhas Naturais de Portugal, não podem pisar estas terras sem subir ao seu Piquinho (2350m de altitude). 

Estão a pensar visitar a ilha do Pico? Então preparem-se para paisagens deslumbrantes e longos passeios de cortar a respiração numa terra ainda virgem do turismo de massa.

Como chegar?

Existem voos directos de Lisboa para o Pico às Segundas e aos Sábados pela Azores Airlines a partir de 75€ ida e volta. Podem preferir fazer escala na Terceira ou em São Miguel para ficar mais barato, aí já poderão apanhar voos a partir de 45€ ida e volta!

Como se deslocar?

O melhor meio de transporte numa ilha é sem dúvida o carro. Podem assim explorar sem restrições de horários e aproveitar os melhores miradouros da ilha. Podem alugar diretamente no aeroporto com a Rent a Car Tropical (não experimentamos nem fomos patrocinados, fizemos diversas pesquisas e achamos ser a melhor em termos de relação qualidade/preço).

Onde dormir?

Durante a nossa visita à ilha do Pico, ficamos hospedados na casa de uma amiga, mas deixamos aqui uma selecção dos melhores hotéis em termos de relação qualidade/preço.

Alojamento Bela Vista

Quarto duplo com casa de banho privativa e pequeno almoço incluído a partir de 45€/noite. Os quartos são muito espaçosos, bem equipados com televisão de ecrã plano, aquecimento e alguns quartos possuem varanda. O hotel fica nas Lajes do Pico, uma boa base para explorar a ilha e oferece uma linda visto sobre a Montanha do Pico.

Para mais informações e reservas: Alojamento Bela Vista

Ocean Breeze

Este hotel tem a grande vantagem de ficar no norte da ilha, perto do aeroporto e da Madalena. Os quartos são muito espaçosos, bem decoradas e todos equipados com uma casa de banho privativa, TV de ecrã plano e ar condicionado. um pequeno almoço continental é servido diariamente. Quarto duplo a partir de 65€/noite.

Para mais informações e reservas: Ocean breeze

Alma do Pico

Aqui irão encontrar apartamentos e estúdios muito bem equipados com pequeno almoço incluído a partir de 80€/noite. Esta parte da ilha (Madalena) oferece vistas fabulosas sobre a ilha do Faial. Além disso o hotel possui uma grande piscina exterior e um centro de spa.

Para mais informações e reservas: Alma do Pico

Onde comer?

Deixamos aqui uma selecção dos melhores restaurantes da ilha do Pico:

Caffe 5 – €

Para refeições mais económicas e saborosas, espaço pequeno, mas com doses generosas.

Taberna Do Canal – €€

Um local muito acolhedor onde poderão provar especialidades da ilha, carne, peixe e mariscos, escolha não falta!

Casa Âncora – €€€

Para uma explosão de sabores e uma experiência culinária única.

* Todos os locais aqui mencionados podem ser localizados no mapa que se encontra no fim do artigo.

O que visitar/fazer?

Subir ao Pico

Esta é uma atividade que se pode tornar rapidamente ingrata. A meteorologia pode ser muito caprichosa nas ilhas e por isso nunca sabemos que tempo iremos encontrar lá em cima. Podem fazer a subida sozinhos, sem guia, mas devem passar obrigatoriamente pela Casa da Montanha onde vos será entregue um GPS para vos localizar em caso de problema. A melhor hora para subir é de madrugada para assistir a um fabuloso e inesquecível nascer do sol acima das nuvens. Mas é perfeitamente possível subir de manhã e descer de tarde, a ida e volta demora cerca de 7h. A parte mais difícil é mesmo a descida! Se puderem levem joelheira e bastões de marcha, ajudam imenso nas longas descidas. Será escusado dizer que um calçado apropriado é indispensável bem como snacks, água, protector solar, chapéu e roupa quente (o melhor é usar o sistema das múltiplas camadas para ir retirando e colocando roupa consoante as necessidades).

* Infelizmente não conseguimos subir ao Pico, na véspera o tempo estava muito instável e acabamos por não arriscar. Uma desculpa para lá voltar.

Vinhas do Pico

A Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico está classificada como Património Mundial pela UNESCO desde 2004, classificação bem merecida dado o seu valor histórico e características únicas. Aqui a vinha assenta na rocha de origem vulcânica, a rocha basáltica, e para proteger as plantações do vento foram construídos pequenos muros de pedra ao seu redor. Esses pequenos labirintos são um regalo para os fotógrafos. Para admirar esta beleza podem optar por visitar os lajidos da Criação Velha e de Santa Luzia, bons exemplares desta arte única.

Museu do vinho

Aqui poderão visitar uma vinha, a casa conventual dos frades carmelitas, o armazém dos lagares e alambiques. O museu também tem um miradouro bastante interessante bem como dragoeiros seculares (estima-se que tenham entre 500  1000 anos).

Observação de baleias e golfinhos

Esta é sem dúvida uma atividade a não perder, mas cuidado! Escolham agências que respeitem o bem estar e o espaço dos animais. Tivemos um excelente feedback do Norberto, um homem que conhecem o mar há mais de 20 anos e que tem sempre lindas histórias para contar.

Lagoa do Capitão

Se tiverem sorte, é nesta lagoa que terão uma das melhores vistas sobre a Montanha do Pico. Ao sabor das vontades das nuvens, surge a Montanha do Pico, no meio desta paisagem de um verde estonteante. O nevoeiro e o silêncio bucólico do amanhecer tornam este local ainda mais deslumbrante.

Gruta das Torres

O túnel de lava mais comprido de Portugal encontra-se por enquanto virgem, sem intervenção humana. A visita deve ser previamente agendada no Centro de Visitantes da Gruta das Torres, pois requer a presença de um guia. Uma visita muito interessante que dura cerca de uma hora.

  Museu dos Baleeiros

Apesar da “caça à baleia” já ser proibida desde 1987, as técnicas artesanais e a aproximação feita à vela fazem parte da identidade da ilha. As antigas casas do baleeiros foram recuperadas e transformadas num museu onde poderão aprender muito sobre a vida destes homens na altura.

 Piscinas naturais

Nos dias de mais calor, as águas límpidas e transparentes do Pico convidam a um mergulho. Escolha não falta, mas as melhores são as piscinas das Lages do Pico, de São Roque do Pico e da Poça branca.

Outros locais a não perder:

Moinho do Frade

A furna do Frei Matias

Lajes do Pico

Podem consultar o nosso mapa interactivo com todos os locais mencionados neste artigo:

Esperam que tenham gostado do nosso Guia e que este seja um incentivo a uma viagem dos sentidos na maravilhosa Ilha do Pico.

 

Se estão a pensar visitar os Açores podem consultar esta compilação com os melhores artigos sobre cada ilha realizada num projecto conjunto com outros membros do Grupo de Bloggers de Viagem Portugueses:

Corvo – Luis Ferreira

Ilha das FloresGato Vadio

Ilha TerceiraADN Aventureiro

Ilha do Faial – Nós e o Mundo

São JorgeUm dia Vamos

GraciosaNós e o Mundo

Santa Maria – Let’s Run Away

Ilha de São Miguel: Route 92 – Carimbo no passaporteTravelB4Settle

 

Já seguem a página oficial dos Bloggers de Viagem Portugueses? 

  

 

TUDO PARA UMA VIAGEM PERFEITA

...

O MELHOR HOTEL AO MELHOR PREÇO



Booking.com

UM CRÉDITO PARA A PRÓXIMA VIAGEM

O MELHOR SEGURO EM PORTUGUÊS

* Se realizarem a vossa reserva através de um dos links do nosso blogue, estarão a ajudar a desenvolver os Destinos Vividos, e o melhor disto, é que não pagam nada a mais por isso. Obrigada*

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

8 thoughts on “Visitar a ilha do Pico

  1. Gostei muito do post! 🙂

    Alguns destes spots foram alguns por onde passamos no ano passado.
    Casa Âncora foi dos melhores restaurantes onde comi nos últimos anos! Tanto foi que, numa semana na ilha, fomos lá duas vezes! Valeu cada cêntimo! 😀
    Uma ilha muito fixe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *