Lisboa | Visitar a capital em 2 dias

Lisboa | Visitar a capital em 2 dias

Lisboa, a cidade das 7 colinas. Cada colina, cada ruela, cada bairro deve ser percorrido e explorado admirando as cores, os edifícios repletos de história e os reflexos do belo Tejo. Lisboa tem tudo para encantar.

Podem consultar o nosso mapa com todos os sítios que recomendamos:


Lisboa | Informações úteis

1 – Como andar em Lisboa

  • A pé

A zona central de Lisboa pode e deve ser visitada a pé! Andar pelo bairro da Alfama, percorrer o Bairro Alto, o Chiado e descer até o Cais de Sodré, só ficamos a conhecer verdadeiramente a alma de Lisboa se percorrermos as suas ruelas e as suas colinas a pé. Se ficarem cansados podem, a qualquer momento, apanhar o famoso eléctrico 28 que passa pelos pontos históricos da cidade.

  • Transportes públicos

Em qualquer estação de metro poderão comprar um cartão recarregável Viva Viagem (0,50€), depois têm duas opções: carregar à unidade (1,45€ cada viagem) ou o bilhete diário de 24h (6,15€). O Viva viagem dá acesso ao metro, autocarros, eléctricos, tramway, funiculares e ao elevador de Santa Justa. Se pretenderem viajar até Cascais ou Sintra poderá compensar comprar o bilhete diário metro/carris/CP por 10,15€

  • Táxi/Uber

Apenas útil para pequenos trajectos com malas ou de noite quando já não há metro.

2 – Onde dormir

Se estão a pensar visitar Lisboa na época alta convém reservar com alguma antecedência. Quanto mais central ficarem melhor, mas obviamente que o preço no centro histórico (Baixa, Alfama, Chiado e Bairro alto) é mais elevado. Para quem procura sossego recomendamos evitar a zona do Bairro alto. Um bom compromisso será ficar perto das estações de metro Martim Moniz/Intendente/Anjos, uma zona sossegada suficientemente perto do centro para ir a pé, mas com preços mais acessíveis.

 

 

3 – Lisboa Card

Este pass para além de dar acesso ilimitado a todos os transportes públicos (incluído o comboio para Sintra e Cascais) permite visitar os principais museus e monumentos gratuitamente e ter descontos em vários sítios. Os preços variam segundo a duração do pass: 24h (19€), 48h (32€), 72h (40€). Para mais informações consultem o site oficial: Lisboa Card.

Dia 1 | Bairro Alto, Baixa e Bairro da Alfama

 

Roteiro para o 1º dia:

  • Miradouro de São Pedro de Alcântara
  • Igreja de São Roque
  • Praça Luís de Camões
  • Convento do Carmo
  • Elevador de Santa Justa
  • Arco da Rua Augusta
  • Sé de Lisboa
  • Miradouro de Santa Luzia
  • Castelo de São Jorge
  • Igreja da Graça e o seu miradouro

 Onde comer:

  • Tapa Bucho: deliciosas tapas num pequeno restaurante do Bairro Alto. A fila de espera pode ser longa, mas vale a pena! O que adoramos: bolas de Alheira, Pica Pau, o frango recheado e a tarte de Limão e Oreo. Média de 15€/pessoa.
  • A cultura do Hambúrguer: considerada a melhor hambúrgueria da capital, não ficamos desiludidos. Convém reservar ao fim de semana devido à sua localização no movimentado Bairro Alto.
  • Casanova: este restaurante italiano tem tudo para agradar, uma vista fabulosa sobre o rio Tejo e pizzas deliciosas. O tempo de espera é grande principalmente se quiserem mesa no terraço, mas mais uma vez, vale a pena esperar.
  • Rosa da Rua: não experimentamos, mas recomendaram-nos experimentar o buffet de comida portuguesa por 15€/pessoa.
  • Claras em Castelo: ideal para um almoço antes de visitar o castelo.
  • Mercado da Ribeira: pelo que nos disseram a comida é muito boa, há muita escolha, mas se procuram um lugar sossegado esqueçam…

Dia 2 | Belém e o Parque das Nações

O que visitar no 2º dia:

  • Mosteiro dos Jerónimos
  • Padrão dos Descobrimentos
  • Torre de Belém
  • Passeio dos Heróis do mar
  • Teleférico do Parque das Nações

Onde comer:

  • Pastéis de Belém: lembro-me de lá ir pequena e provar pela primeira vez estes pastéis, na altura nem gostava muito de pastéis de nata, mas lembro-me perfeitamente daquela sensação ao trincar a massa estaladiça e saborear o creme quente com canela. Que bom ver que nada mudou. Para evitar a fila enorme, podem entrar e comer sentados, acaba por ser mais rápido!
  • O recanto em Belém: comemos tantos pastéis que acabamos por não experimentar este restaurante, mas já me falaram muito bem dele.

 

 O que mais gostamos em Lisboa:

  • A vista do Castelo de São Jorge
  • Passear pelas ruelas do bairro da Alfama
  • Comer as deliciosas tapas no Bairro Alto (Tapa Bucho)
  • Beber um copo na esplanada junto ao miradouro da Igreja da Graça
  • Saborear os famosos pastéis de Belém acabadinhos de fazer.

 O que menos gostamos:

  • O tempo de espera nas filas e nos restaurantes, recomendamos evitar o fim de semana para visitar Lisboa.

DIA 3 | Nos arredores de Lisboa

Se ainda têm mais um dia para passear pela capital, existem muitas outras opções de visita nos arredores:

  • O castelo da Pena e os jardins da Quinta da Regaleira em Sintra
  • Cascais (não podem deixar de passar pela Boca do Inferno)
  • Setúbal e as suas belas praias, consideradas as mais bonitas de Portugal (Portinho da Arrábida, praia dos Galapinhos…)

Ainda não conhecemos muito bem Lisboa e os seus arredores, por isso se souberem de mais algum sítio imprescindível de se visitar, ou aquela tasca que só os lisboetas conhecem, partilhem nos comentários 😉 

 

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

2 thoughts on “Lisboa | Visitar a capital em 2 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *