Bali | O que visitar em Amed e arredores?

Bali | O que visitar em Amed e arredores?

Amed, na costa este de Bali, é um dos melhores spot de snorkeling e de mergulho da ilha. Um verdadeiro aquário gigante com vários barcos afundados. As praias são de areia preta, água cristalina com o vulcão Agung em pano de fundo. Além disso, existem vários templos lindíssimos neste lado da ilha, os templos mais bonitos da nossa estadia por Bali. Mal chegamos a Amed, ficamos logo com pena de ter reservado apenas 1 noite.

Amed |Como chegar?

Amed é uma pequena cidade de pescadores, para lá chegar o mais fácil será o táxi. Os transportes públicos em Bali não são muito bons e as estradas para estes lados são mesmo ruins. Pessoalmente não me arriscaria a vir sozinha de carro e muito menos de scooter.

Amed |Onde dormir?

Deixamos aqui a nossa selecção de hotéis em Amed:

Putra’Lebah Guesthouse – 15€ – quarto duplo com casa de banho privada, ventoinha e varanda. O hotel fica mesmo em frente à praia.

🛌 QUERO RESERVAR ESTE HOTEL

The BBQ Guesthouse – 24€ – quarto duplo com vista para o mar,  casa de banho privada, varanda e pequeno almoço incluído

🛌 QUERO RESERVAR ESTE HOTEL

Solaluna Beach – 32€ – quarto duplo com vista para o mar, casa de banho privada, ar condicionado, frigorífico, varanda e pequeno almoço incluído. O hotel tem restaurante e propõe massagens na praia.

🛌 QUERO RESERVAR ESTE HOTEL

Ashling Villa – 177€ – Villa frente ao mar, com 2 suites, área de estar, cozinha, ar condicionada, televisão… e uma piscina privada com vista para o vulcão Agung e a praia.

🛌 QUERO RESERVAR ESTE HOTEL

E se ainda não ficaram satisfeitos com estes hotéis, façam a vossa própria pesquisa no Booking (podem escolher para aparecer por ordem de preços crescentes):



Booking.com

* Se realizarem a vossa reserva passando pelos links do nosso site estarão a ajudar a desenvolver os Destinos Vividos, e o melhor disto, é que não pagam nada a mais por isso

 

Amed |Onde comer?

BONS E BARATOS:

  • Warung Osin
  • Galanga
  • Warung Sabar
  • Warung Enak
  • Warung Celagi

BONS E COM BOA VISTA:

  • Warung Pantai
  • Bukit Segara
  • Gusto Resto
  • Sails Restaurant

Amed |O que fazer e visitar?

Pura Lempuyang: Um dos mais antigos templos hindus de Bali, um complexo de vários templos que domina a montanha do mesmo nome. Está dividido em  7 “andares”, sendo necessário cerca de 4 h para subir as mais de 1800 escadas até ao último andar. No entanto, o templo mais bonito encontra-se no 2º andar e oferece uma vista deslumbrante sobre o monte Agung. Aí encontram a famosa “Porta para o céu”. Frente à porta encontra-se a escadaria dos dragões, não se pode subir pela escadaria central, somente pelas laterais! Entrada: a entrada é gratuita sendo no entanto necessário fazer um donativo. Podem alugar sarongues por 10 000 IDR e também podem contratar guias cujo valor varia segundo os andares que pretenderem visitar.

Tirta Gangga: Este palácio é na realidade um labirinto de lagos e fontes rodeados por um magnífico jardim, relevos em pedra e estátuas. Um dos sítios mais bonitos que visitamos. Os balineses gostam de passear lá com a família e aproveitar a piscina local. Entrada: 20 000 IDR

Taman Ujung: Este palácio foi em tempos a residência da família real. É hoje um grande parque verde com vários lagos e uma série de pequenos palácios, pontes e colunas. Um local muito agradável. Entrada: 20 000 IDR

Templo Besakih: É o maior, o mais alto e o mais sagrado templo de Bali, também conhecido como o “templo-mãe”. Localiza-se na encosta do monte Agung, o vulcão mais alto da ilha (3 148m). É composto na realidade por 23 templos espalhados por 6 terraços. Sendo o templo mais importante da ilha recebe anualmente milhares de pessoas, sendo o centro de diversas festividades e cerimónias hindus. Entrada: 60 000 rupias e já inclui o aluguer de sarongue, guia e a ida de moto até à entrada. Não é obrigatório comprar oferendas à entrada, apesar das mulheres dizerem o contrário. 

Passeio de canoa/kayak: Uma actividade muito agradável a fazer em Amed, infelizmente poucos hotéis estão equipadas para isso. Mas podem contactar a agência Amed Canoe, propõem vários “Tours” de 4h (ao nascer do sol, durante o dia e ao pôr do sol) por 400 000 IDR (inclui pick-up/drop-off no hotel e aluguer do equipamento). Os grupos são no máximo de 3 pessoas, sempre acompanhados por um isntrutor.

Retiro de ioga durante 4 dias/3 noites: Para aqueles que procuram uma experiência diferente para relaxar num ambiente idílico, esta pode ser  uma boa opção. Este retiro de 4 dias inclui (a partir de 355$ por pessoa):

  • 3 noites num alojamento de luxo
  • 3 refeições balinesas saudáveis
  • 1 smoothie por dia
  • 1 excursão que inclui a visita do templo Pura Lempuyang e o palácio Tirta Gangga
  • Uma consulta com um instrutor de ioga
  • 2 aulas de ioga por dia
  • 1 massagem de 60 minutos
  • 1 tratamento facial de 75 minutos
  • Acesso ilimitado à piscina
  • Oferta de um sarongue Handmade Batik Life e um saco Follow Your Heart Eco Canvas

Mais informações no seguinte site: Yoga Retreat

Amed |Os melhores spots de snorkeling e mergulho

Japanese Shipwreck – provavelmente o melhor spot de snorkeling da costa. Mesmo em frente ao Baliku Dive Center irão encontrar um parking que dá depois acesso a uma praia. Se tiverem o vosso próprio material de snorkeling não é preciso pagar nada (excepto o parking), basta nadar um pouco e irão logo encontrar um barco afundado com uma diversidade incrível de peixes coloridos, uns pequenos, outros enormes. Até hoje o nosso melhor spot de snorkeling.

Jemeluk – mesmo em frente ao restaurante Sama Sama, na baía de Jemeluk, a 10 m da praia irão encontrar várias estátuas no fundo do mar rodeadas de peixes.

Coral Garden – Muitos pescadores vendem uma viagem de barco até “o melhor spot de snorkeling”, o Coral Garden. Supostamente não se consegue chegar lá sem ser de barco (isso é que eles querem fazer acreditar aos turistas e vendem essa excursão a um preço absurdo), mas a verdade é que esse spot encontra-se mesmo em frente a um hotel e centro de ioga, o Meditasi Bungalows. No ano passado era gratuito, podia-se atravessar o hotel e aceder à praia sem qualquer problema. Mas muito provavelmente poderão ter de pagar algo agora.

Tulamben – É aqui que se encontra o USS Liberty, um barco que afundou há mais de 60 anos (a menos de 25 m da praia) e que se tornou na casa de uma gande família. Às riscas, às bolinhas, espalmados, gordinhos, pequenos ou compridos… uma família muito diversificada que alegra todos os que por ali passam. Este é sem dúvida um dos melhores spot de mergulho, mas consegue-se ver uma grande variedade de peixes fazendo apenas snorkeling.

 

Podem localizar neste mapa interativo todos os locais referidos no artigo:

 

 


 

Todos os nossos artigos sobre a Indonésia:

Bali | Roteiro, dicas e gastos

 Bali | 5 templos a não perder

 Bali | O que fazer em Ubud?

 15 dicas para visitar Bali e Lombok

 Lombok | Roteiro, dicas e gastos

 Ilhas Gilis | Como chegar e como se deslocar?

 

Gostaram da nossa viagem? Gostariam de ter a mesma experiência de forma económica, mas não sabem como organizar a viagem ou não têm tempo para isso? Podemos criar juntos a vossa viagem de sonho com os nossos Roteiros Personalizados.

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

2 thoughts on “Bali | O que visitar em Amed e arredores?

  1. Olá Marina,

    Antes de mais muitos parabéns por este Blog fantástico e pelas dicas!
    Em Outubro (de 2 a 16) vou a Indonésia com a minha namorada e tenho tirado grande parte das ideias no teu Blog.
    Gostaria de tirar algumas dúvidas contigo, se fosse possível.
    Em Lombuk o meio de transporte era o Taxi, certo? Fizeste como em Ubud em que andaste sempre com o mesmo taxista/guia ou apanhavas um taxi conforme necessitavas?
    Para subir o Monte Batur, é melhor ir estando hospedado em Ubud ou Amed? E como podemos subir? Basta falar algum guia como o Sr. Eka ou temos de nos dirigir a algum sitio em concreto, alguma excursão?
    Para apanhar o barco de Lombok para as uma das 3 Ilhas Gilli, faço-o em que zona da ilha?

    Obrigado e continuem o trabalho fantástico!

    Melhores cumprimentos,
    Gonçalo

    1. Olá Gonçalo! muito obrigada pela querida mensagem 🙂

      Sim em Lombok andamos sempre de táxi, combinamos com o hotel e eles é que arranjaram o táxi no sul de Lombok. Depois foi o táxi da agência com a qual subimos o monte Rinjani.
      Para subir ao monte Batur é obrigatório guia, pode ser com o Eka ou então ao chegar lá junto ao lago batur irão encontrar muito facilmente vários guias. O mais perto é Amed, mas o melhor é mesmo ficar junto ao lago Batur, tem vários hotéis nessa zona e assim podem começar a subir de madrugada para ver o nascer do sol.
      Podem apanhar o barco em Lombok Bangsal para as ilhas Gilis.

      Boa viagem 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *