2 dias em Londres | Roteiro e dicas de viagem

2 dias em Londres | Roteiro e dicas de viagem

Londres é o destino ideal para quem só dispõe de um fim de semana para fugir à rotina. A partir do Porto existem voos que saem na sexta à noite com regresso no domingo à noite. E foi assim que decidimos re-visitar esta cidade que ambos conhecíamos, mas que ainda não tínhamos tido oportunidade de descobrir juntos. Com a meteorologia a nosso favor, tentamos ao máximo evitar locais fechados. E, apesar de termos visitado alguns dos incontornáveis de Londres, não nos cingimos apenas ao centro. Tentamos aproveitar “O melhor de Londres”, mas ficou obviamente muito por ver.

O NOSSO ROTEIRO DE 2 DIAS POR LONDRES:

Chegamos às 22h30 ao aeroporto de Stansted e, com os nossos bilhetes de comboio previamente adquiridos online, demoramos cerca de 45 minutos para chegar à estação de Liverpool (sai um comboio Stansted Express todos os 15 min do aeroporto). Aproveitamos para comprar os nossos OysterCards, que nos permitiram, depois, viajar sem preocupações em toda a rede de transportes públicos de Londres. Ficamos hospedados perto da famosa estação de King Cross (e prometo que essa escolha não teve em nada a ver com a minha vontade de tentar ir para Hogwarts ^^).

ALGUMAS INFORMAÇÕES ÚTEIS


Se quiserem viajar pela Stansted Express e não pagar uma fortuna, vale a pena comprar os bilhetes com alguma antecedência (pelo menos 1 mês antes) no site oficial: Stansted Express. Os bilhetes de grupo também ficam muito mais em conta. Pagamos apenas 14 £ ida e volta. A grande vantagem do comboio comparativamente ao autocarro é que sai um todos os 15 min e não correm o risco de apanhar o infernal trânsito de Londres. Há histórias de quem não chegue a tempo ao aeroporto à custa disso.

Podem adquirir a OysterCard em qualquer estação de metro da cidade, tem um custo de 5 £ que são reembolsáveis quando devolverem a carta no fim. É a melhor opção para viagens até 5 dias (independentemente de se andar muito ou pouco com os transportes públicos, compensa sempre!). Para mais informações: Transportes Públicos | Como se deslocar em Londres? 

Londres não é uma cidade barata, tentamos limitar os nossos gastos comendo em mercados de rua e ficando alojados num hostel, só visitamos um museu cuja entrada era gratuita e usamos apenas os transportes públicos em vez de chamar um táxi. O fim de semana ficou-nos no total por 230€ por pessoa (com todas as despesas incluídas).

Dia 1| Notting Hill, Westminster, Tower Brigde e Covent Garden

Começamos este dia com a visita de um dos maiores mercados de antiguidades da Europa, o mercado de Portobello no bairro de Notting Hill. Esse mercado está apenas aberto na sua integralidade aos sábados das 9h00 às 19h00. No meio desse mercado havia uma loja de vinis antigos, onde o Axel encontrou uma primeira edição do Physical Graffiti por 65 libras, eu disse-lhe que era muito caro, até hoje ainda não me perdoou. Deixo aqui a informação oficial sobre os diferentes horários e tipos de mercado abertos em cada dia da semana:

(fonte: http://www.portobelloroad.co.uk/the-market)

 

A seguir ao mercado apanhamos o metro até Victoria, onde fomos apanhados de surpresa pelo incrível contraste entre o antigo (vestido de tijolo) e o moderno (vestido de vidro). Uma combinação peculiar, o verdadeiro charme de Londres. Visitamos a Catedral de Westminster, obra prima arquitectural que representa na perfeição esse contraste, fiquei completamente rendida à união entre o mármore colorido e o tijolo acastanhado. Continuamos até ao Palácio de Buckingham antes de almoçar e relaxar no St Jame’s Park onde tivemos o nosso primeiro contacto com os famosos esquilos de Londres.

De tarde dirigimo-nos até ao Big Ben que decidiu vestir-se de preto durante a nossa visita (não pelo luto do Brexit, mas porque estava em obras). A grande desilusão do dia foi logo esquecida ao admirar a imponente torre do parlamento e a bela Abadia de Westminster. Já com os pés feitos num oito, dirigimo-nos até Trafalgar Square, de onde apanhamos um dos famosos autocarros vermelhos até a Torre de Londres. Foi aí que paramos novamente por uns tempos para descansar e aproveitar a melhor altura do dia junto a um monumento imperdível da cidade, a Tower Brigde.

Já de noite voltamos de autocarro até ao Covent Garden, a zona animada de Londres que me apetece comparar ao bairro latino de Paris.

ALGUMAS INFORMAÇÕES ÚTEIS


A visita da Catedral de Westminster é gratuita e pode ser feita todos os dias. É possível subir à torre da Catedral de segunda a sexta das 9h30 às 17h00 e durante o fim de semana das 9h30 às 18h00 por 6,00 £.

O autocarro vermelho nº15 sai de Trafalgar Square em direcção à Tower Bridge, passando por vários locais de interesse como a catedral St Paul. A OysterCard é válida em qualquer autocarro vermelho (excepto  nos autocarros turísticos que fazem visitas guiadas da cidade).

A troca de guardas no palácio de Buckingham ocorre todos os dias às 11h (mas já começa a haver animação a partir das 10h30. Também podem assistir à troca de guardas com cavalos no Horse Guards todos os dias às 11h e às 10h ao domingo.

A visita da Abadia de Westminster com audio guia pode ser feita de segunda a sexta das 9h30 às 15h30 e no sábado das 9h00 às 15h00 (esses horários podem variar, por isso convém sempre verificar os horários no site oficial). Às quartas existe um horário especial das 16h30 às 18h00 em que a entrada fica por metade do preço. Bilhete comprado online: 20,00 £. Bilhete comprado no local: 22,00 £. Site oficial para consultar os horários e realizar a compra do bilhete: Westminster Abbey.

A visita do Parlamento com audio guia pode ser feita todos os sábados das 8h45 às 16h45 e durante a semana das 10h às 16h00 (excepto nos dias em que decorre uma reunião/sessão). Bilhete comprado online: 18,50 £. Bilhete comprado no local: 20,50 £. Site oficial para realizar a compra: Visit Parliament

A visita da Torre de Londres pode ser feita todos os dias das 09h00 às 17h30. Segundas e domingos só abre a partir das 10h, e no horário de inverno (de Novembro a Fevereiro) encerra às 16h30. Bilhete adulto: 22,70 £. Site oficial para realizar a compra do bilhete: Tower of London

É possível subir à Tower Bridge todos os dias das 10h00 às 17h30 (entre Abril e Setembro) e das 9h30 às 17h00 (entre Outubro e Março). Bilhete comprado online: 8,70 £. Bilhete comprado no local: 9,80 £. Site oficial para realizar a compra do bilhete: Tower Bridge

No Covent Garden destacam-se 2 restaurantes: Dishoom (indiano) e Wahaca (mexicano)

Dia 2 | Camden Town, Kensington e Hyde Park

No domingo começamos pelo bairro da street art e dos artistas, Camden Town. Sem dúvida o ponto alto da nossa visita a Londres. Um bairro animado e colorido que alberga um dos mercados mais originais que já vimos. Um mercado verdadeiramente fora do normal, onde se consegue encontrar tudo e mais alguma coisa.

Acabamos por passar a manhã toda a percorrer as ruelas e a encontrar lojas ecleticamente bizarras, como a famosa CyberDog. O mercado também possui uma infinidade de opções para comer a preços muito razoáveis. Almoçamos por menos de 6 £ (algo raro em Londres).

De tarde visitamos o Museu de História Natural (apenas uma pequena parte, pois o museu é enorme). O museu está divido em 5 grandes áreas: zoologia, paleontologia, botânica, entomologia e mineralogia. Mas o mais impressionante é mesmo a parte central onde podemos admirar o esqueleto de “Hope” (uma baleia azul com 25 metros de cumprimento).

Para acabar este fim de semana em beleza decidimos relaxar no famoso Hyde Park, divertimo-nos com os esquilos e observamos a animação dos ingleses tão felizes por ter um vislumbre de verão.

ALGUMAS INFORMAÇÕES ÚTEIS


Em Camden Town vale a pena fugir da avenida central porque é nas pequenas ruelas que irão encontrar as melhores obras de street art.

A entrada do Museu de História Natural é gratuita, não é preciso passar em nenhum tipo de bilheteira, o que facilita imenso a entrada porque não há fila! Uma maravilha! Está aberto todos os dias das 10h00 às 17h30

Encontramos diversos esquilos nas árvores que ficam junto ao lago central do Hyde Park.


PROCUREM AQUI O VOSSO HOTEL AO MELHOR PREÇO:




Booking.com

Se realizarem a vossa reserva passando pelos links do nosso site estarão a ajudar a desenvolver os Destinos Vividos, e o melhor disto, é que não pagam nada a mais por isso

Já visitaram alguma cidade europeia com apenas 2 dias? Acham que vale a pena?


Todos os nossos artigos sobre Londres:

2 dias em Londres | Roteiro e dicas de viagem

Londres | Guia para visitar a cidade

Transportes em Londres | Como se deslocar?

OysterCard | Como pedir o reembolso?

Quanto custa um fim de semana em Londres? (em breve)

Londres | Como ir do aeroporto para o centro da cidade? (em breve)

 

 

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

2 thoughts on “2 dias em Londres | Roteiro e dicas de viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *