Onde comer em Paris

Onde comer em Paris

Paris, cidade do amor, da cultura, da moda, do cinema, da extravagância, do impressionismo, das luzes, dos clichés, dos museus, dos pintores, dos escritores, dos apaixonados, dos malucos… Mas também do queijo, do vinho, da “baguette“, dos “croissants“, dos crepes, da “crème brulée” e de outras iguarias que deixarão qualquer amante de boa gastronomia apaixonado por esta estonteante cidade.

Não se pode visitar e conhecer um novo país sem conhecer a sua gastronomia. Quando se viaja as papilas também têm de viajar!  

Como muitos sabem, eu nasci e vivi em França até os meus 18 anos e muitos dizem que sou mais francesa que portuguesa e será verdade. Passado 4 anos cá em Portugal decidi voltar com o meu chéri 🙂 Vivemos um ano e meio no centro de Paris e sempre que a oportunidade surgia (e sempre que a carteira o permitia) experimentávamos um novo restaurante. Decidimos então partilhar com vocês aqueles restaurantes que não nos deixaram indiferentes:

20140917_173958.jpgSituada numa das minhas ruas favoritas de Paris, a rue Mouffetard, esta pequena creperia  faz, sem dúvida, os melhores crepes salgados (e doces) de Paris… Esta rua tem várias creperias, bares e restaurantes, mas aqui é onde a fila é maior e foi isso que nos chamou à atenção. Já fomos lá várias vezes com várias pessoas, já experimentamos os crepes salgados e os doces e nunca ficamos desiludidos. Crepes bem recheados, saborosos, um serviço rápido com alimentos de qualidade e tudo isso a um preço muito acessível (crepe doce entre 2.5 a 4€ e crepe salgado entre 4 a 7€). Ideal para almoçar ou jantar, mas já ficam avisados que o espaço é pequeno e as cadeiras são pouquíssimas, podem sempre saborear estes crepes enquanto passeiam pelo Quartier Latin.

20141017_210358Descobrimos um verdadeiro pequeno tesouro escondido numa ruela do 9º arrondissement. Os donos, um casal apaixonado pela gastronomia francesa, pelo vinho e pelos queijos, decidiram abrir um restaurante onde pudessem fazer descobrir à sua clientela queijos de produtores locais  bem como vinho e outros produtos de pequenos agricultores. O conceito é genial! Com mais de 100 queijos disponíveis poderão fazer do vosso jantar uma autêntica e notável degustação de queijos com doces caseiros e um bom vinho que vos será recomendado pelo patrão. Um prato para duas pessoas com amostras de 10 queijos diferentes custa 27€, e o prato com amostras de 15 queijos custa 39€. A degustação dos queijos é feita segundo os sabores, do mais ligeiro ao mais forte e a escolha dos queijos é feita pelos donos segundo as vossas preferências. Os donos simpáticos, o ambiente parisiense e os produtos de grande qualidade fazem deste sítio um dos nossos favoritos de Paris 🙂

Descobri este restaurante através do tripadvisor e foi um achado. Localizado perto da basílica de Montmartre, neste restaurante poderão deliciar-se com a especialidade da casa, as “Galettes de Sarrasin“, um crepe salgado confeccionado com farinha de trigo sarraceno, prato típico da Bretanha. Para acompanhar os crepes de sarraceno nada melhor que cidra bretã e para a sobremesa poderão provar a famosa “crêpe flambée“, outra especilidade da Bretanha que consiste em queimar rum por cima dum crepe doce, pura delícia! Os preços variam dos 7 aos 14€ para os crepes salgados e também propõem um menu a 16,90€ que inclui um “Kir Breton”, uma “galette de Sarrasin” e uma sobremesa (crepe doce ou gelado).  É preciso reservar com antecedência porque o espaço é pequeno.

  • Le Vaisseau Vert – Comida francesa – O nosso verdadeiro Coup de coeur cor

20141104_205940Bem, nem sei por onde começar… Este restaurante foi sem dúvida o nosso grande favorito. Desta vez foi o Axel quem encontrou este restaurante, onde pude festejar os meus anos com um jantar memorável. O chefe deste restaurante, de origem japonesa, decidiu reinventar pratos franceses com produtos de grande qualidade, como a pluma ibérica, associando sabores memoráveis a criatividade, elegância e originalidade. Os preços variam muito, sendo que uma refeição completa ronda os 50€ por pessoa ao jantar e os 35€ por pessoa ao almoço. Existe um menu a 28€ apenas disponível ao almoço durante a semana. Ao acabar de fazer algumas pesquises descobri que este restaurante entrou recentemente no famoso guia Michelin, mais que merecido! 🙂

  • Le M64 – Comida francesa gourmet20140515_213941.jpg

Este restaurante pertence a um hotel 5* localizado perto dos Champs Élysées onde tivemos a oportunidade de jantar e experimentar comida gourmet francesa a um preço relativamente acessível. Espaço agradável com comida de qualidade, um serviço impecável e pratos requintados muito saborosos. Pessoalmente não apreciei a entrada mas isto é apenas uma questão de gostos, era a primeira vez que comia algo confeccionado com espuma e não fiquei grande fã, mas o Axel adorou… Tudo depende dos gostos. Os pratos principais eram deliciosos, tanto o peixe como a carne, mas o que mais apreciei foi obviamente a sobremesa. Preço médio para uma refeição completa: 70€, mas se reservarem com antecedência em sites como o Groupon ou Lafourchette poderão optar pelo menu descoberta a 49€ com entrada, prato, sobremesa e bebida!


        Paris tem outra grande vantagem, sendo uma cidade multi-cultural propõe uma grande diversidade de restaurante com sabores vindos do mundo inteiro. Por isso, é o sítio ideal para quem gosta, como nós, de novas experiências culinárias:

Pessoalmente nunca tinha ouvido falar da gastronomia georgiana, por isso quando me apareceu este restaurante no tripadvisor fiquei imensamente curiosa e lendo tantos elogios decidi surpreender o Axel nos anos dele. Acabamos por ficar os dois estarrecidos com o resultado. Localizado perto da catedral de Notre-Dame de Paris, mas, no entanto, bem escondido dos turistas, este pequeno restaurante não nos deixou indiferentes. Poderão, ente outras especialidades, provar um delicioso khachapuri (que é basicamente um pão caseiro recheado com queijo), um dos suculentos pratos denominados Tolma (vegetais recheados com carne ou peixe) ou ainda uma solianka georgiana (pedaços de carne temperados com várias especiarias e servido com arroz, uma verdadeira delícia, recomendamos!). Ao almoço existe um menu a 14€ (entrada, prato e bebida) e à noite um menu a 23€ (entrada, prato e sobremesa).

20141029_134929.jpgTambém situado no Quartier Latin, este pequeno restaurante libanês irá surpreender as vossas papilas. Se não estão familiarizados com a comida libanesa poderão partilhar um prato misto para a entrada e experimentar assim um suculento hummus, entre outras especialidades. Para o prato principal recomendo a “selle d’agneau”. Para aqueles que não são grandes apreciadores de coentros e outras especiarias fortes, podem pedir ao patrão para vos ajudar a escolher um prato mais apropriado. O lugar é muito acolhedor tanto pela sua decoração típica como pela simpatia do patrão. Para uma refeição completa (entrada, prato, sobremesa, bebida) é preciso contar no mínimo com 25€ por pessoa.

Não gosto de ser repetitiva mas este restaurante também se encontra localizado no Quartier Latin (como já perceberam é uma das melhores zonas para se comer bem). Conhecemos este restaurante através duma prenda, por isso a nossa ementa já vinha pré-definida e tivemos a oportunidade de provar vários pratos. Para ser sincera já não me lembro dos nomes dos pratos que provamos mas era tudo fabuloso! As carnes eram tenras, os molhos saborosos e a sobremesa deliciosa. Entre açafrão, cominhos, coentros, canela, cúrcuma, caril, noz moscada e páprica ficarão agradavelmente surpreendidos por uma verdadeira explosão de sabores.


    Bem, se já nos conhecem, sabem que seria impossível escrever um artigo sobre restaurantes e não mencionar nenhum restaurante japonês :p Decidimos destacar os 2 japoneses que mais nos marcaram e onde tencionamos voltar logo que possível:

20140924_210030.jpgTrata-se de um restaurante onde para além de comer um sushi de grande qualidade, poderão admirar o show do chef que cozinhará à vossa frente! Para isso é preciso chegar cedo para ficar na mesa em frente ao chef, vale mesmo a pena! Jantamos lá no mínimo 3 vezes e NUNCA ficamos desiludidos, que seja entre namorados, amigos ou com família, a vossa noite será de certeza memorável! Para ver um show mais engraçado tentem pedir algo que contenha ovos 😉  Não sei o que recomendar porque tudo é delicioso, tanto os sushis, pela frescura e explosão de sabores, como os pratos teppanyaki que proporcionam um belo show com uma comida divinal! Falando de preços agora, é preciso contar entre 25-40 € por pessoa. As entradas custam em média 6€ (6 gyozas 5.5€ e um tataki delicioso por 10€), os pratos teppanyaki custam entre 20-25€ e as sobremesas entre 6-9€). Existe também um menu completo,  foi o que escolhemos mas sinceramente não me lembro do preço mas quando voltarmos lá actualizo aqui 😉 Se gostam de comida japonesa não percam este sítio!

  • HigumaPara comer um bom Ramen (ou Lamen)

Quando ouvimos falar de restaurantes japoneses pensamos logo em sushi não é? Mas como devem supor os japoneses não comem sushi todos os dias… Um prato muito típico e no entanto pouco conhecido dos amantes de sushi é uma sopa muito nutritiva chamada ramen, existe uma rua em Paris, a rua Sainte Anne, onde poderão encontrar uns 10  (ou mais) restaurantes de ramen seguidos. Quanto a nós descobrimos este na rua Saint Honoré, não posso dizer que este seja melhor ou pior que os outros porque só experimentamos este, acho que o mais impor20140707_212108tante é escolher um que tenha uma fila bem grande, que era o caso deste. O que nos surpreendeu mais neste restaurante foi a maneira deles cozinharem… Comemos no bar mesmo em frente à pequena cozinha onde trabalhavam umas 5 pessoas duma forma muito eficiente apesar do espaço reduzido. Se acham que não ficam saciados com uma “simples” sopa estão muito enganados… Provamos o ramen de carne e adoramos mas existe uma grande variedade para todos os gostos. Se nunca provaram ramen vale mesmo a pena experimentar nesta zona de Paris (no 1º arrondissement) onde este prato japonês faz um grande sucesso. Preço médio por sopa: 7.5€.


Para acabar e fazer crescer ainda mais a água na boca, fica aqui uma sugestão para um bom lanche em Paris 😉

Pequeno restaurante localizado na famosa Galeria Vivienne 🙂 Comer um dos melhores cheesecake de Paris neste ambiente de filme parisiense, o que achas da ideia? 


Aceitamos todas as sugestões de bons restaurantes nos comentários 😉

[ABTM id=4455]

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

5 thoughts on “Onde comer em Paris

  1. Simplesmente amei! Dicas super completas! Queria saber de tudo isso ano passado quando estive aí! Mas já vou deixar anotado se tiver oportunidade de voltar. Aproveito e deixo uma sugestão: Le Temp des Cerises, um bistrot super charmoso e aconchegante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *