2 dias no parque nacional de Khao Sok

2 dias no parque nacional de Khao Sok

Bem, nem sei por onde começar… Esta parte da viagem foi sem dúvida a melhor experiência que tive na Tailândia.

Este é um destino que (por enquanto) ainda escapa à afluência turística que a Tailândia vivencia há já alguns anos. É um lugar maravilhoso e surpreendente que nos marcou a todos. Ninguém fica indiferente com a imensidão e a beleza deste sítio. Infelizmente só tínhamos 2 dias a consagrar  ao parque nacional de Khao Sok, mas se repetisse a experiência preferia sem dúvida ficar 3 dias para poder conhecer tanto a parte do lago como a parte da aldeia (já explico a diferença mais à frente).

Bungalows flutuantes no Cheown Lan Lake
Bungalows flutuantes no Cheown Lan Lake

Como chegar a Khao Sok?

Isso depende de onde estiverem mas basicamente existem 4 opções:
  • Avião + bus: O aeroporto mais perto é o de Surat Thani, depois de chegar ao aeroporto será preciso pedir a um tuk-tuk ou a um táxi para vos deixar na estação de comboio de Surat Thani e daí apanham um bus até Khao Sok (cerca de 130 THB por pessoa e 2h de trajecto das 7h00 às 17h30). Também podem optar por chegar ao aeroporto de Phuket e aí pedem na mesma a um tuk-tuk ou a um táxi para vos deixar junto ao bus que parte para Khao Sok (cerca de  160THB por pessoa e 2h de trajecto). Se partirem de Krabi, só existe um único minibus por dia que sai às 11h de Krabi para Khao Sok, custa cerca de 300THB e demora 2h30-3h00.
  • Autocarro: Se estiverem em Bangkok poderão optar por fazer o trajecto de noite num dos autocarros nocturnos que sai de Bangkok directo para Khao Sok, mas cuidado com as burlas porque existem autocarros que param apenas em Surat Thani e depois terão de esperar de noite por uma ligação até Khao Sok e pagar assim quase o dobro.
  • Comboio + bus: podem chegar de comboio a Surat Thani e aí apanhar o bus para Khao Sok por 130 THB como já referi em cima.
  • Táxi/agência: Esta opção (a que escolhemos) é a mais cómoda, a mais rápida e a mais confortável e não é a mais cara! Como queríamos ir de Phuket para Khao Sok e depois seguir para Phang Nga, combinamos com a agência de Khao Sok para incluir no preço esses transferes todos. Foi assim possível gerir os horários directamente com eles e não ter stress com os horários dos bus que não são muito práticos para quem pretende ficar em Khao Sok apenas 2 dias. O transfere de Phuket para Khao Sok ficou-nos a 430 THB por pessoa (~11€) e de Khao Sok para Phang Nga a 310 THB por pessoa (~8€). Por este preço irrisório nem sequer hesitamos.

Khao Sok ou Cheown Lan lake?

Este parque é constituído por uma enorme floresta de 4000km2, onde existe alojamentos bem simpáticos em cabanas nas árvores, e um lago gigantesco (Cheown Lan Lake) onde existe a possibilidade de dormir em bungalows flutuantes.
Cabana na aldeia de Khao Sok (fonte: treehouse)
Cabana na aldeia de Khao Sok (fonte: treehouse)
Bungalows flutuantes no lago
Bungalows flutuantes no lago
Apesar de pouco turístico o sítio está muito bem equipado e oferece uma multitude de actividades, entre trilhos no meio na floresta, kayak no lago, safaris, passeios de bóia e rafting no rio… Podemos então dividir o parque em duas zonas:  por um lado existe a “aldeia” de Khao Sok com os alojamentos nas árvores onde podemos usufruir de actividades no rio e passeios pela montanha que oferece vistas fabulosas sobre o lago. Por outro lado, existe o famoso lago, e para aproveitar este lugar surreal são preciso pelo menos 2 dias para poder dormir mesmo em cima do lago e acordar com uma vista fabulosa… No lago podem fazer kayak, safaris de barco e passeios em ilhéus.
cheown-lan-lake
Passeio de barco no lago Cheown Lan Lake
Após várias pesquisas e seguindo os concelhos do Sylvain, um francês que vive agora em Khao Sok, optamos então por passar 2 dias no lago dormindo em bungalows flutuantes. Só me apercebi da dimensão deste lago quando entramos no barco para uma viagem de cerca de 1h até os primeiros bungalows flutuantes. Nenhuma fotografia consegue captar a grandeza e a beleza deste lugar.
cheown-lan-lake-bungalows
Cheown Lan Lake
 

Programa dos nossos 2 dias no lago:

Esta experiência em Khao Sok começou por um almoço num restaurante flutuante com peixe do lago grelhado, omeletes e vários acompanhamentos. Após esse almoço e alguns mergulhos continuamos então a nossa viagem de barco até os nossos bungalows onde iríamos passar a noite.
cheown-lan-lake-mergulho
Mergulho à super-homem no Cheown Lan Lake
Antes de chegar aos bungalows visitamos uma gruta repleta de formações calcárias, morcegos e aranhas fluorescentes (só os olhos é que floresciam no meio do escuro, imaginem a minha reacção quando percebi que aquelas luzinhas eram na realidade aranhas…). Acabei por não tirar fotos dentro da gruta mas o mais bonito era a vista que se tinha da entrada da gruta para baixo.
Passado mais um bocado chegamos então ao nosso hotel de luxo :p Uns bungalows eram mais novos que os outros mas no geral eram todos simples, com uma mosquiteira, e tínhamos vários kayaks à nossa disposição. A casa de banho ficava num ilhéu e o acesso era feito através duma pequena passagem improvisada, o que torna uma ida à casa de banho de noite uma verdadeira aventura.
WC dos bungalows flutuantes
WC dos bungalows flutuantes (aquela cabana ao fundo no ilhéu)
Passamos então a tarde entre mergulhos e  passeios de kayak. Ao fim da tarde fizemos o nosso primeiro safari de barco. Este passeio permitiu principalmente admirar a beleza do lago, vimos alguns macacos, pássaros e um lagarto enorme a nadar, mas nada mais. O nosso guia tornou esta experiência bem mais interessante, era um homem que tinha muito gosto em partilhar a sua experiência e os seus conhecimentos sobre a vida selvagem deste mundo. Explicou-nos que este gigantesco lago de 165 km2 é na realidade um lago artificial criado em 1982 devido à construção duma barragem com o intuito de preservar as terras que ficavam submersas durante as cheias. Portanto os ilhéus que se observam no meio do lago são na realidade o topo de pequenas montanhas que ficaram submersas após a construção da barragem.
Antes de jantar tivemos ainda a oportunidade de tomar banho de bikini debaixo duma chuva tropical quentinha 😉
Vista do bungalow comum onde comíamos.
Vista do bungalow comum onde comíamos.
 No dia seguinte acordei cedo ao som dos Gibbons para admirar o nascer do sol no meio duma paisagem fantasmagórica, uma experiência única.
Acordar com esta vistaé qualquer coisa
Cheown Lan Lake 
Nesse segundo dia aproveitamos a serenidade do lago, demos mais uns mergulhos, andamos de kayak e fizemos um passeio no meio duma floresta tropical de bambous num dos vários ilhéus do lago.
E assim passaram, a voar, os nossos 2 dias no Cheow Lan Lake.
khao-sok-lake
O nosso longtail boat no Cheown Lan Lake

O que eu recomendo:

– viver esta experiência única no lago
– se tiverem mais tempo acho que vale mesmo a pena passar pelo menos 3 dias em Khao Sok, uma noite nos bungalows flutuantes e uma noite nas cabanas das árvores.
– A agência Khao Sok Asia: apesar de o site estar em francês podem enviar um mail em inglês para sylvain@khaosok.asia a pedir informações sobre as actividades disponíveis, ele responde muito rapidamente e saberá recomendar a melhor actividade para cada pessoa.
bungalows-khao-sok
Os nossos bungalows no lago de Khao Sok
 

O que eu não recomendo:

– o passeio na floresta do segundo dia foi o único ponto negativo desta experiência. Apesar de ser um passeio agradável com um guia impecável, o chão estava repleto de várias centenas de sanguessugas, meia centena por pessoa por sapatilha, bem como carraças de 2 centímetros de diametro e formigas gigantes, o que nos impediu de aproveitar a serenidade do local. Mas bebemos água de uma árvore, e estava fresca!
Os trilhos na outra parte do parque, perto da aldeia de Khao Sok, parecem ser melhores nem que seja pela vista que oferecem sobre o lago…
 –

Filha e neta de imigrantes, as malas seguem-me desde a minha infância. O meu sonho, conhecer cada recanto do nosso maravilhoso mundo, faz com que esteja constantemente a pensar na próxima viagem. Natural de França, vivo actualmente no Porto, onde sou médica nas horas de trabalho e viajante nos meus tempos livres.

13 thoughts on “2 dias no parque nacional de Khao Sok

  1. Olá Marina,

    Gostei muito do teu post e gostaria de perguntar com qual agência organizas-te os transferes. Eu e o meu namorado queremos fazer mais ou menos o mesmo trajecto mas ainda não encontramos transferes que valhão em custo/beneficio. Se me puderes ajudar agradeço imenso!

    1. Olá Bruna! Para os transferes tratamos directamente com a agência de Khao Sok, o mail deles está no artigo 😉 falam francês e inglês, podem pedir um orçamento. A outra alternativa é ir de autocarro a partir de Surat Thani mas existem poucos por dia, as agencias em Khao Sok sabem os horarios dos autocarros, podem perguntar.

  2. Eu, o meu marido e a minha filha de 7 anos queríamos ir ao parque e também ver elefantes. Vamos de avião via Bangkok e depois iremos para krabi de mínimas, que parte às 8h.
    Não conseguimos entrar em contacto com Sylvain. O que aconselha? 2 noites?
    Obrigada

    1. Olá Sara
      Penso que duas noites são suficientes para visitar o parque e o lago, podem fazer um passeio no rio. Passeios com elefantes também pode fazer em Krabi, mas a grande maioria maltrata os elefantes, informe-se bem antes…
      O sylvain costuma responder no próprio dia, talvez esteja de férias e irá responder em breve.
      Qualquer dúvida não hesite em perguntar. Boa viagem 😉

  3. Olá Marina, antes demais parabéns pelo blog, já me ajudou bastante e acabei de escolher mais uma paragem na Tailândia 😂 que não conhecia. Vamos ver se me consegues ajudar, a ideia seria phi phi – khao sok – ko samui, a agência que falas do Sylvain foi a que vos organizou a viagem de puket para khao sok e as actividades ou são coisas diferentes? O que achaste dos bungalows flutuantes onde dormiram, a logística casa de banho é complicada ou faz se bem? E por último , eu tenho uma pancada muito grande com bichos enquanto durmo, 😂 nos bungalows é coisa para me preocupar com isso?

    1. Olá Alexandra 🙂 Combinamos tudo com o Sylvain, actividades, dormida e transporte. Os bungalows em si são muito simples mas limpos e têm rede mosquiteira que deves prender por baixo do colchão para não ter problemas com bichos (não vi nenhum bicho à volta do bungalow em si). Em termos de casa de banho existe uma no ilhéu, mas estava cheia de formigas gigantes. Deram-nos sabão biológico e acabamos por tomar banho no lago. Existem outros tipo de bungalow mais “luxuosos” com casa de banho privada, mas o preço também é outro. É uma experiência fora do comum, no meio duma natureza fabulosa com paisagens impressionantes. Eu odeio bichos, tenho fobia a aranhas e no entanto Khao Sok foi a melhor experiência que tive até hoje 😉

      1. pois pelas fotos já percebi que existem vários tipos de bungalows. já enviei email para ele vou esperar para ver quais as opções. queria colocar-te outra questão, em conversa com amigos que já foram para a Tailândia explicaram-me que convém não fazer escalas muito pequenas se não corremos o risco de a mala não ter tempo de chegar ao 2º avião e quando chegarmos por exemplo a banguecoque a mala ficou para trás. quanto tempo fizeram de escala? achaste suficiente?

        1. Tivemos apenas 1h30 de escala em Istambul à ida e as malas seguiram sem problema, mas como também já tínhamos ouvido falar sobre isso decidimos colocar algumas roupas essenciais no saco que ia connosco em cabine. Foi a única viagem em que despachamos mala, agora viajamos apenas com uma mochila aceite em cabine + um pequeno saco, é muito mais prático e rápido. Optamos por uma mochila da Quechua de 50L, tem as dimensões adequadas para viajar em cabine e é largamente suficiente para colocar roupa de verão e de inverno, material de snorkeling, bastões de marcha e ainda levamos as máquinas fotográficas connosco e acessórios. Podes ler o nosso artigo sobre as mochilas aqui: http://www.destinosvividos.com/melhor-mochila-viajar/
          Pessoalmente privilegio escalas curtas principalmente no voo de regresso.

  4. Olá Marina!
    Antes de mais parabéns pelo blog, as publicações estão muito bem elaboradas e facilitam muito a vida de quem está a organizar uma viagem à Tailândia, que é u meu caso 😉 Tive particular interesse no parque nacional de Khao Sok e já entrei em contato com eles como indicou no blog. Deram-me uns preços que achei um bocado elevados para o que se costuma praticar na Tailândia. Gostaria de saber se me pode dizer aproximadamente quando gasto neste local para ter uma noção.
    Obrigado pela atenção e continuação de boas viagens.

    1. Olá José, muito obrigada 🙂 Fico feliz por poder ajudar com o blog.
      O parque de Khao Sok continua a ser o local mais marcante que vimos até hoje, e trata-se de um local ainda pouco conhecido dos turistas e a concorrência é pouca entre as empresas do parque, a logística para lá chegar também não é simples por isso optamos por contratar os serviços de transporte do Sylvain. Tudo incluído (transferes, comida, actividades e dormida) ficou-nos por 4600 baths (~115€), tendo em conta a experiência que foi não achei caro, mas éramos um grupo de 9 pessoas e se forem só duas pessoas o preço será provavelmente outro. Existem outras agências pelo parque, se contratarem uma empresa local poderá ficar mais barato que uma empresa francesa. Além disso, podem optar por ir de autocarro até lá, existem ligações a partir Phuket e de Krabi e o autocarro é muito barato, posso arranjar os horários dos autocarros se quiser.
      Boa viagem 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *